Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
 
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Lab Remoto aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu


Consulta aos Conteúdos

Estatísticas | Formato DC  

Título: VOZES E CARICATURAS: ENSAIOS SOBRE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MIGUEL BEZZI CONDE
Colaborador(es): ROSANA KOHL BINES - Orientador
Catalogação: 20/02/2018 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Natureza: PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota: Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=33045@1
Referência [en]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=33045@2
Referência DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.33045
Resumo:
A dissertação reúne cinco ensaios sobre a ficção brasileira contemporânea, articulados em torno da ideia de que os anos 1990 e 2000 são um momento de crise dos conceitos que demarcavam o valor e lugar da literatura no Brasil. Se entre nós o valor literário foi muitas vezes pensado em função de seu índice de verdade ou medida de utilidade, as fraturas atuais nas noções de História e Nação ajudam a redefinir interesses, prioridades, referências e caminhos dos autores brasileiros. Discussão que não implica um experimentalismo ensimesmado, mas antes um jogo político, no sentido de busca de um lugar. Num tal contexto, o surgimento de vozes narrativas que vinculam o narrado a uma determinada inflexão afetiva aparece como contraponto às incertezas, instaurando um novo tipo de assertividade que orienta e circunscreve a imaginação do leitor. Uma rediscussão da distinção feita por Blanchot entre falar e ver, e da experiência de leitura como descrita por Iser, abre caminho para o exame da tensão entre visão de mundo e modo de ver inerente ao texto literário, e fundamenta o desenvolvimento da noção de uma literatura caricatural, que permite a constatação de afinidades entre autores aparentemente díspares, como João Anzanello Carrascoza, André Sant Anna e Marcelino Freire. Apresentados em conjunto, os três são também pensados em separado, em leituras críticas apoiadas na discussão das noções de kitsch, engajamento político e valor do ordinário.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
APRESENTAÇÃO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
<< voltar
Buscas no domínio PUC-Rio