$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: VOZES E CARICATURAS: ENSAIOS SOBRE LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MIGUEL BEZZI CONDE

Colaborador(es):  ROSANA KOHL BINES - Orientador
Número do Conteúdo: 33045
Catalogação:  20/02/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=33045@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=33045@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.33045

Resumo:
A dissertação reúne cinco ensaios sobre a ficção brasileira contemporânea, articulados em torno da ideia de que os anos 1990 e 2000 são um momento de crise dos conceitos que demarcavam o valor e lugar da literatura no Brasil. Se entre nós o valor literário foi muitas vezes pensado em função de seu índice de verdade ou medida de utilidade, as fraturas atuais nas noções de História e Nação ajudam a redefinir interesses, prioridades, referências e caminhos dos autores brasileiros. Discussão que não implica um experimentalismo ensimesmado, mas antes um jogo político, no sentido de busca de um lugar. Num tal contexto, o surgimento de vozes narrativas que vinculam o narrado a uma determinada inflexão afetiva aparece como contraponto às incertezas, instaurando um novo tipo de assertividade que orienta e circunscreve a imaginação do leitor. Uma rediscussão da distinção feita por Blanchot entre falar e ver, e da experiência de leitura como descrita por Iser, abre caminho para o exame da tensão entre visão de mundo e modo de ver inerente ao texto literário, e fundamenta o desenvolvimento da noção de uma literatura caricatural, que permite a constatação de afinidades entre autores aparentemente díspares, como João Anzanello Carrascoza, André Sant Anna e Marcelino Freire. Apresentados em conjunto, os três são também pensados em separado, em leituras críticas apoiadas na discussão das noções de kitsch, engajamento político e valor do ordinário.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
APRESENTAÇÃO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui