Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
 
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Lab Remoto aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu


Consulta aos Conteúdos

 

Título: EM BUSCA DA COR LOCAL: OS MODOS DE VER E FAZER VER NAS OBRAS DE JOSÉ DE ALENCAR E EUCLIDES DA CUNHA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): EDUARDO WRIGHT CARDOSO
Colaborador(es): HENRIQUE ESTRADA RODRIGUES - Orientador
Catalogação: 04/11/2016 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Natureza: PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota: Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=27882@1
Referência [en]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=27882@2
Referência DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.27882
Resumo:
Recurso pictórico elaborado no século XVIII, a cor local amplia seu escopo original relativo ao campo pictórico e passa a compor e regular a produção textual de escritores, historiadores, literatos e viajantes. Seu emprego em suportes textuais desenvolve e acentua a dimensão visual da narrativa e, portanto, pode ser concebido como uma expressão moderna das antigas associações entre cor e palavra, narrativa e pintura. O objetivo desta tese é, pois, investigar o emprego da cor local em tipos discursivos diversos, notadamente nas obras de José de Alencar e Euclides da Cunha, salientando a dimensão visual implícita ao recurso narrativo. A fim de compreender o investimento narrativo na visualidade, é válido recuperar, a partir da Antiguidade, os modos de ver e fazer ver que comportam topoi como o ut pictura poesis e o ut pictura historia, construções como a sunopsis e a enargeia, além de expedientes como, entre outros, a autópsia e a écfrase. A cor local, eis a hipótese inicial desta tese, incorpora e expressa parte destes modos e recursos e, portanto, é capaz de reproduzir e reelaborar, na época moderna, o anseio visual por meio da narrativa. A pesquisa pelos modos de ver e fazer ver requer, como temáticas relacionadas que perpassam este estudo, a consideração do estatuto e da importância atribuída à visão e ao olhar como elementos cognitivos e comprobatórios, além das relações entre sujeito e objeto na constituição do conhecimento. As produções ficcional de Alencar e factual de Euclides permitem, então, demonstrar tanto a amplitude do recurso narrativo, empregado em tipos discursivos diversos, quanto as variações relacionadas ao seu uso, ou seja, como a delimitação de uma determinada paisagem altera o conteúdo da forma da cor local.
Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Conteúdos Relacionados Subtipo
<< voltar
Buscas no domínio PUC-Rio