INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: DEPOIS DA QUEDA: A REPRESENTAÇÃO DA CULTURA NACIONAL NORTE-AMERICANA NA OBRA TARDIA DE HENRY JAMES (1904-1907)
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUIZA LARANGEIRA DA SILVA MELLO

Colaborador(es):  RICARDO AUGUSTO BENZAQUEN DE ARAUJO - Orientador
Número do Conteúdo: 33121
Catalogação:  27/02/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=33121@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=33121@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.33121

Resumo:
Esta tese pretende contribuir para compreensão da maneira pela qual Henry James representa a cultura nacional norte-americana, em sua obra tardia. Em 1907, são publicados, sob o título The American Scene, os relatos de sua viagem aos Estados Unidos. A análise deste conjunto de relatos, no contexto da tradição literária norte-americana do século XIX, permite que se reconstitua a imagem construída por seu autor da relação entre indivíduo e sociedade na cultura norteamericana, na virada do século XIX para o XX. A partir dos anos 1820, ensaístas, ficcionistas, sermonistas, poetas e teólogos norte-americanos começaram a identificar o mito etiológico judaico-cristão com o mito fundador da democracia nos Estados Unidos. Inicia-se, deste modo, uma disputa intelectual entre aqueles que pretendiam associar a identidade norte-americana à inocência do Adão antes da Queda e aqueles que a vinculavam à imagem do Adão decaído. A herança desta disputa e o legado literário de autores como Walt Whitman, Ralph Waldo Emerson, Nathaniel Hawthorne, Herman Melville e Henry James Sr., conjugados à experiência cultural europeia, fundamentam a versão alegorizada de Henry James do mito do Adão americano, que constitui a narrativa de seu último romance publicado em vida, The Golden Bowl. A análise combinada deste romance e dos relatos de viagem tem como objetivo compreender a importância simbólica que James atribui às noções de Queda e pecado para o amadurecimento moral e o desenvolvimento da sensibilidade estética nos indivíduos.

Descrição Arquivo
CAPA, DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO, EPÍGRAFE  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui