Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
 
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Lab Remoto aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu


Consulta aos Conteúdos

Estatísticas | Formato DC  

Título: DA LITERATURA COMO UM OFÍCIO PERIGOSO: CRÍTICA E FICÇÃO NA OBRA DE ROBERTO BOLAÑO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RAFAEL EDUARDO GUTIERREZ GIRALDO
Colaborador(es): KARL ERIK SCHOLLHAMMER - Orientador
Catalogação: 19/02/2018 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Natureza: PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota: Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=33029@1
Referência [es]: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=33029@4
Referência DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.33029
Resumo:
A tese realiza uma análise das intervenções críticas do escritor chileno Roberto Bolaño (prólogos, crônicas, resenhas, discursos e entrevistas) ressaltando suas principais características formais e temáticas e a particular concepção do literário que se desenha a partir delas. Nesse corpus, identifica-se uma idéia central do pensamento de Bolaño e uma chave de aproximação à sua própria obra ficcional: a noção da literatura como um ofício perigoso. Assim, a obra de Bolaño se incorpora a uma tradição literária que identifica a escrita ficcional como uma prática que põe em risco a saúde espiritual do escritor e que o aproxima do lado sinistro da existência. Tanto na sua obra ficcional, através de seus personagens, quanto em suas intervenções críticas, e na figura do escritor que Bolaño elabora de si mesmo, coloca-se em cena o risco que implica, para o artista, o caminho das letras, o pacto faústico que o escritor deve assumir ao reconhecer plenamente sua vocação. O texto faz um percorrido pelas principais características das intervenções críticas dos escritores, apresentando suas transformações em diversos momentos da história literária latino-americana (os primeiros anos da independência política, o boom latino-americano e o momento presente), com o objetivo de contextualizar a análise do corpus de Bolaño. A aproximação a estas intervenções críticas mostrou que elas muitas vezes não se diferenciavam dos textos ficcionais do autor, o que levou ao exame das relações entre a crítica e a ficção em sua obra e sua incorporação dentro da tradição da metaliteratura, evidenciando como o espaço crítico e o ficcional se misturam permanentemente e se constroem de forma simultânea em seus textos.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTO, RESUMO, RESUMEN, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
<< voltar
Buscas no domínio PUC-Rio