INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ODRES NOVOS PARA UM VINHO NOVO: A ECLESIOLOGIA DE COMUNHÃO EM YVES MARIE-JEAN CONGAR
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): EVA APARECIDA REZENDE DE MORAES E PAULA

Colaborador(es):  ANA MARIA DE AZEREDO LOPES TEPEDINO - Orientador
Número do Conteúdo: 5446
Catalogação:  10/09/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5446@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5446@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5446

Resumo:
Em nosso atual contexto eclesiológico, descobrimos situações que ofendem a Tradição da Igreja e a eclesiologia de comunhão de Yves M.-J. Congar, cujos legados nos ensinam que a Igreja possui, na Trindade, sua origem, seu modelo, sua inspiração e meta, e que Deus, Único em Três Pessoas, assim o é, devido às relações intratrinitárias entre as Mesmas, garantidas pelo Espírito de Deus. Partindo do pressuposto relacional trinitário, buscamos elaborar, em Congar e outros autores de nossa atualidade, uma fundamentação teológica que privilegie a autonomia relacionada das Pessoas trinitárias como paradigma eclesiológico, para articular as relações de anseio de comunhão na Igreja. Esta, é Mistério radicado na Trindade e visibilizado ao mundo em suas diversas estruturas, às quais, pelo batismo, incorporam-se os membros ontologicamente iguais e ministerialmente diferentes, chamados todos à comunhão, celebrada, louvada e alimentada pela eucaristia, e que, no serviço ao mundo, encontra sua missão e consagração, a exemplo mesmo de Cristo. A Igreja, enviada como sinal de salvação à humanidade, é feita de humanos e, portanto, chamada à conversão. A comunhão é, portanto, na Igreja, o vinho novo, curtido e fermentado nos odres que buscamos ajudar a renovar, na dinâmica e potência do Espírito de Deus.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF  
INTRODUÇÃO  PDF  
PARTE 1, CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2 E CONCLUSÃO DA PARTE I  PDF  
PARTE II E CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4 E CONCLUSÃO DA PARTE II  PDF  
PARTE III, CAPÍTULO 5  PDF  
CAPÍTULO 6  PDF  
CONCLUSÃO  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui