$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: CATALOGANDO ANTIPADRÕES DE INJEÇÃO DE DEPENDÊNCIA EM SISTEMAS DE SOFTWARE
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RODRIGO NUNES LAIGNER

Colaborador(es):  MARCOS KALINOWSKI - Orientador
Número do Conteúdo: 48681
Catalogação:  19/06/2020 Idioma(s):  INGLÊS - ESTADOS UNIDOS

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=48681@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=48681@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.48681

Resumo:
Contexto Injeção de Dependência (DI) é um mecanismo comumente aplicado para desacoplar classes de suas dependências com o objetivo de prover uma melhor modularização do software. No contexto de Java, a existência de uma especificação de DI e frameworks populares, como o Spring, facilitam o emprego de DI em projetos de software. Entretanto, más práticas de implementação de DI podem trazer más consequências, como maior acoplamento, dificultando alcançar o principal objetivo de DI. Apesar de a literatura sugerir a existência de anti-padrões de DI, não há uma documentação detalhada de tais más práticas. Em adição, não há evidência da ocorrência e da percepção de utilidade dos mesmos do ponto de vista de desenvovedores. Objetivos Nosso objetivo é revisar os anti-padrões de DI reportados com o objetivo de analisar sua completude e propor um novo catálogo de anti-padrões de DI para Java. Método Nós propomos um catálogo contendo 12 anti-padrões de DI para Java. Nós selecionamos 4 projetos open-source e 2 projetos closed-source que adotam um framework de DI e desenvolvemos uma ferramenta que analisa estaticamente a ocorrência dos anti-padrões de DI candidatos no código fonte das aplicações. Em adição, nós conduzimos uma pesquisa por meio de entrevistas face a face com três desenvolvedores experientes que regularmente aplicam DI em seus projetos. Nós estendemos a pesquisa com o objetivo de obter a percepção de um conjunto de 15 desenvolvedores experientes e novatos por meio de um questionário online Resultados Ao menos 9 anti-padrões de DI apareceram frequentemente nos projetos de software analisados. Em adição, a avaliação recebida dos desenvolvedores confirmaram a relevância do catálogo. Por fim, os respondentes expressaram o desejo de refatorar as instâncias de antipadrões de DI propostas. Conclusões O catálogo contém anti-padrões de DI que ocorrem na prática e são úteis. Compartilhar com praticantes da indústria os permitirá evitar a introdução de anti-padrões em seus projetos de software.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui