$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: A DINÂMICA DA CASA EM MC 3,20-35 ESTAR DENTRO OU FORA COMO SINAL DA TENSÃO ENTRE UNIDADE E DIVISÃO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CARLOS FREDERICO SCHLAEPFER

Colaborador(es):  ISIDORO MAZZAROLO - Orientador
Número do Conteúdo: 3907
Catalogação:  15/09/2003 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=3907@1
Referência [fr]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=3907@3
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.3907

Resumo:
A narrativa do texto de Mc 3,20-35 apresenta uma dinâmica em torno da casa, onde Jesus e seus interlocutores colocam- se frente a uma tensão simbolicamente representada no ato de estar dentro ou fora da mesma. Esta tensão vem marcada por uma ruptura, frente à pregação e ação de Jesus, por parte dos interlocutores, representativos das instituições políticas, religiosas e culturais do judaísmo no tempo de Jesus. Neste sentido, a ruptura entre Jesus e os que não aceitam o seu projeto: parentes (Mc 3,21), escribas (Mc 3,22), familiares (Mc 3,31), apontam para uma divisão da casa. Por outro lado, os que são chamados por Jesus (Mc 3,13-19), ouvem as suas palavras (Mc 3,33) e fazem a vontade de Deus (Mc 3,35), apontam para a unidade da casa. Da tensão entre unidade e divisão, percebe-se que a casa ocupa um lugar central, sendo portanto um elo e chave de leitura para todo o capítulo três do evangelho de Marcos. Esta presença acentuada da casa é bastante significativa, pois em diversos momentos ela é o lugar do encontro entre Jesus e os discípulos, lugar onde acontecem o ensinamento e a aprendizagem, em outras palavras, a casa/comunidade dos discípulos de Jesus, destacando a sua dimensão eclesial e comunitária. Estar dentro e fora da casa, passa a ser um diferencial marcante na perspectiva do seguimento de Jesus, pertença e participação do seu projeto. Na contribuição desta nova compreensão do texto, uma hermenêutica para toda relação intergrupal se faz presente, onde a tensão entre unidade e divisão se apresenta como condição para sua existência.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTO, RESUMO, RÉSUMÉ E SUMÁRIO  PDF  
INTRODUÇÃO E CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CONCLUSÃO  PDF  
BIBLIOGRAFIA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui