INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: FANFICTION: REESCRITAS ARCÔNTICAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCIANA DA SILVA RIBEIRO

Colaborador(es):  MARIA PAULA FROTA - Orientador
HELENA FRANCO MARTINS - Coorientador
Número do Conteúdo: 35284
Catalogação:  01/10/2018 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35284@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=35284@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.35284

Resumo:
Fanfictions são histórias ficcionais escritas por fãs, baseadas em séries de televisão, filmes, obras literárias, jogos de videogame: os fãs se apropriam de personagens e universos previamente existentes para desenvolver novos enredos. Esta pesquisa parte de uma perspectiva pós-estruturalista e segue dois caminhos que se complementam: em um primeiro momento, examina a fanfiction à luz de proposições teórico-conceituais do estudioso da tradução André Lefevere (1982, 1992) — noções de refração/reescrita e patronagem; em um segundo momento, dialoga com Mal de Arquivo, de Jacques Derrida (1995), e suas ricas contribuições para a noção de arquivo. Este trabalho se concentra particularmente em investigar os seguintes aspectos desse tipo de texto escrito por fãs: como as fanfictions afetam o tradicional modus operandi de sistemas literários ou, em maior ou menor grau, identidades de outros tipos de escrita, a começar pelo pastiche? Considerando as especificidades do gênero, como é possível caracterizá-lo a partir de uma perspectiva filosófica? A pesquisa mostra em especial (a) que a fanfiction pode ser pensada como um tipo de reescrita nos termos de Lefevere, que tais narrativas ficcionais de fãs desestabilizam alguns mecanismos de controle da patronagem, e que há diferenças entre os gêneros fanfiction e pastiche, assim como há diferenças entre estas e outras formas de reescrita, como a tradução, a adaptação, a crítica literária; e (b) que a fanfiction pode ser produtivamente concebida como uma reescrita arcôntica, nos termos de Derrida, sendo utilizada pelas ditas minorias como meio de expressar insatisfação e como um caminho à representatividade (DERECHO, 2006), sem, no entanto, deixar de dar testemunho da tensão entre forças conservadoras e instituidoras destacada na teoria do arquivo proposta pelo filósofo. Por fim, são analisados trechos de fanfictions de três universos ficcionais diferentes, à luz dos pressupostos de Lefevere, Derecho e Derrida, a fim de ilustrar e reforçar as discussões teóricas apresentadas.

Descrição Arquivo
CAPA, DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui