$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: REDES SOCIAIS E CIBERATIVISMO: MOTIVAÇÕES, EXPECTATIVAS E ESPERANÇA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): TERESINHA DE JESUS NOSKE ROSSI

Colaborador(es):  ANA MARIA NICOLACI DA COSTA - Orientador
Número do Conteúdo: 30541
Catalogação:  14/07/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30541@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30541@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.30541

Resumo:
Após o surgimento da internet, pudemos observar várias transformações em nosso modo de obter informações, interagir com outras pessoas e até mesmo de nos mobilizar politicamente. Movimentos sociais passaram a utilizar o ciberespaço para divulgar, protestar e captar mais adeptos para suas causas. A chegada das redes sociais facilitou ainda mais a participação política. Em 2013, diversas manifestações tiveram as redes sociais como ponto de partida e troca de informações para organizar protestos, entre eles, as Jornadas de Junho, no Brasil. É possível detectar nesse período um crescimento exponencial do ciberativismo. Através de websites, perfis no Facebook, Youtube, Twitter, Instagram, entre outros, diversos movimentos em prol de mudanças sociais, políticas e ambientais vêm expandindo suas ações e aumentando a quantidade de apoiadores para suas causas. Um dos movimentos destacados neste trabalho é o veganismo, isto é, a luta pelo abolicionismo animal. Com atuação ciberativista intensa, o movimento vem se expandindo e ocasionando mudanças de hábitos e pensamentos, além da desconstrução de vários aspectos da cultura vigente. Este trabalho tem por objetivo investigar os impactos do ciberativismo em nossas vidas e as transformações em nossa configuração subjetiva, ocasionadas por movimentos sociais, com recorte especial no veganismo.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui