$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: ESSE É MAIS DIFÍCIL POR CAUSA DAS PALAVRAS: UMA INVESTIGAÇÃO PSICOLINGUÍSTICA ACERCA DO PAPEL DA LINGUAGEM NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS MATEMÁTICOS DE DIVISÃO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JESSICA SILVA BARCELLOS

Colaborador(es):  ERICA DOS SANTOS RODRIGUES - Orientador
CILENE APARECIDA NUNES RODRIGUES - Coorientador
Número do Conteúdo: 30221
Catalogação:  05/06/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30221@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30221@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.30221

Resumo:
Esta dissertação investiga a interface linguagem-matemática, com foco em tarefas de resolução de problemas de divisão partitiva e por quotas. Investigamos se dificuldades nesse tipo de tarefa podem estar relacionadas à complexidade linguística dos enunciados. Discute-se em que medida o padrão composicional e as estruturas linguísticas utilizadas nos enunciados podem afetar o desempenho dos alunos nesses dois tipos de problemas. Para realizar essa investigação, foram conduzidos três experimentos com alunos do segundo ano do Ensino Fundamental de uma escola da rede pública federal de ensino no Rio de Janeiro. No primeiro experimento, foram utilizados como itens experimentais os enunciados dos livros didáticos e os resultados indicam diferença significativa entre as condições, com maior número de acertos em divisão partitiva. No segundo experimento, novos enunciados foram criados, controlando-se tanto a estrutura informacional quanto a complexidade gramatical nos dois tipos de problemas. Os resultados mostram desempenho similar nas duas condições. No experimento 3, investigamos o tipo de interpretação preferida para enunciados ambíguos com sujeito composto. Verificou-se clara preferência por leituras coletivas e constatou-se que, quando estruturas ambíguas são utilizadas, o desempenho dos alunos volta a diferir entre as condições, com pior desempenho na divisão por quotas. Esta pesquisa indica que a dificuldade dos alunos em enunciados de divisão pode ser reduzida com o controle da complexidade gramatical, o que mostra o papel fundamental da observação de variáveis linguísticas na aferição de conhecimento matemático e na elaboração de materiais didáticos.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui