INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: PARA CONHECER UM PAÍS EM CONSTRUÇÃO: MIA COUTO E SEU OLHAR PARA MOÇAMBIQUE
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUANA RAQUEL DA SILVA REZENDE

Colaborador(es):  ALEXANDRE MONTAURY BAPTISTA COUTINHO - Orientador
Número do Conteúdo: 30143
Catalogação:  29/05/2017 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30143@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=30143@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.30143

Resumo:
Para conhecer um país em construção: Mia Couto e seu olhar para Moçambique tem como objetivo central examinar de que forma o escritor constrói a sua obra de ficção, dialogando com o passado colonial, a guerra civil em Moçambique e a esperança de ver a sua nação erguida. Para alcançar este objetivo, serão utilizados dois livros de opinião, Pensatempos e Se Obama fosse africano, além de três livros de crônicas do escritor, Cronicando, O fio das missangas e Histórias absonhadas. Acredito que no decorrer das páginas desses livros Mia Couto reescreve importantes períodos de Moçambique, permitindo-nos compreender como foram os anos subsequentes à independência de seu país, a partir da perspectiva de um intelectual e cidadão moçambicano. Esse trabalho foi desenvolvido tomando como eixo norteador alguns textos de teóricos da crítica pós-colonial, tais como: Boaventura de Sousa Santos, Edward Said, Fátima Mendonça, Francisco Noa, Homi Bhabha, Margarida Calafate Ribeiro, Stuart Hall e Russel Hamilton. Foram também utilizados textos críticos que analisam a criação literária de Mia Couto, assim como textos históricos centrados no contexto em que as narrativas de Couto foram produzidas.

Descrição Arquivo
CAPA, DEDICATÓRIA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO, EPÍGRAFE  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui