INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: A FÉ CRISTÃ COMO POSSIBILIDADE DE UMA VERDADEIRA EXISTÊNCIA HUMANA, SEGUNDO JOSEPH RATZINGER
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GILCEMAR HOHEMBERGER

Colaborador(es):  MARIO DE FRANCA MIRANDA - Orientador
Número do Conteúdo: 23931
Catalogação:  27/01/2015 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=23931@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=23931@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.23931

Resumo:
A fé cristã como possibilidade de uma verdadeira existência humana, busca fazer uma leitura do pensamento teológico de Joseph Ratzinger, sistematizando a temática da fé cristã e demonstrando a força e vitalidade que a tornam possibilidade de uma verdadeira existência humana nos dias de hoje. O cenário que faz fundo a este estudo é a questão da verdade e a crise da fé no contexto moderno. Diante da atual conjuntura cultural e teológica da fé cristã, o cristianismo encontra-se perante um verdadeiro dilema: a compreensão moderna de realidade, na qual o alcance cognoscitivo se limita ao sensível, ao que é fenomênico, onde a única realidade existente é a matéria, estabelecendo assim um reinado do factível e o predomínio de uma filosofia: o relativismo. A fé cristã, no entanto, vai além daquilo que a pura razão é capaz de reconhecer, vai ao encontro de Cristo, do logos, do sentido, da própria verdade. O ser humano não pode ser sustentado somente pelo que é visível e tangível, pelo mensurável, por isso a fé o impele a uma abertura decisiva para o Logos. Portanto, a fé cristã não é um sistema, uma ideia, uma entrega cega ao irracional, mas pertence ao âmbito da verdade, pois é a opção para a prioridade da razão e do racional. Crer é razoável. Assim, é possível compreender a função humanizadora da fé cristã e sua estrutura pessoal: a essência da fé cristã consiste em aceitar e viver a existência como relacionalidade, cuja fórmula central é Creio em ti e não Creio em algo. Nessa relação com Deus Pessoa se instaura a primazia do amor: ser cristão é humanizar-se pelo amor. Um Deus-Amor que atua de modo transtemporal e translocalmente, promovendo um encontro da fé com as culturas, não para privá-las de algo, antes para constituir um estímulo à busca da plenitude da verdade. Esta síntese do pensamento de Ratzinger sobre a fé cristã quer afirmar que, somente em Deus, o ser humano alcança o sentido da vida, uma real e verdadeira existência humana.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui