$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: QUEM SOU EU? QUEM ÉRAMOS NÓS?: (A HISTÓRIA DE) UMA PESQUISA SOBRE IDENTIDADES DE PROFESSORES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): BRUNO DE MATOS REIS

Colaborador(es):  INES KAYON DE MILLER - Orientador
Número do Conteúdo: 22459
Catalogação:  04/02/2014 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=22459@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=22459@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.22459

Resumo:
Neste trabalho, narro a história de uma pesquisa sobre identidades emergentes em uma interação entre professores de inglês da rede municipal do Rio de Janeiro. Enquanto comentam cenas do filme francês Entre os Muros da Escola (2008), esses profissionais trocam experiências e estabelecem relações entre seu cotidiano nas escolas e a ficção cinematográfica. Aqui, lançando um olhar sobre questões de identidades, procuro tanto entender as relações que se estabelecem entre o dia-a-dia dos professores e a(s) narrativa(s) do filme quanto analisar – problematizando – minha influência enquanto pesquisador-participante no surgimento, manutenção ou recusa das histórias e tópicos propostos. Desse modo, realizo não só uma análise de dados como também uma reflexão sobre meu desenvolvimento como pesquisador. A fim de refletir sobre a concepção do estudo e minha participação no trabalho, sigo em uma jornada da Pesquisa Educacional com Base nas Artes (Telles, 1998, 2006) até a Prática Exploratória (Allwright e Hanks, 2009). Para dar conta da complexidade da interação, sirvo-me de construtos teóricos da Sociolinguística Interacional e de diferentes contribuições teóricas no campo do estudo das narrativas. A pesquisa, de natureza qualitativa e interpretativa, tem seus dados formados por excertos da interação em que se dão comentários e discussões a respeito de cenas e/ou personagens do filme. No que tange às construções identitárias, a análise dos dados indica, por parte de todos os participantes, uma tentativa de projetar-se como profissionais competentes, engajados e dispostos a resistir a quaisquer dificuldades que se apresentem na realização de seu trabalho. Nesse sentido, a ênfase nos percalços que se observa na interação comumente se associa a alguma forma de autoelogio. Queixar-se, no contexto analisado, é caminho para valorizar o esforço, para construir-se como aquele que, apesar de tudo e todos, insiste em realizar um bom trabalho. A partir de impasses teórico-metodológicos surgidos no decorrer deste trabalho, reflito criticamente sobre a construção e desenvolvimento da pesquisa, o que me leva a perceber e explorar diálogos entre a Pesquisa Educacional com Base nas Artes e a Prática Exploratória – experiência que, como procuro registrar reflexivamente, tem contribuições significativas para meu amadurecimento como pesquisador.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui