INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: EDUCAÇÃO E ASCENSÃO SOCIAL: PERFORMANCES NARRATIVAS DE ALUNOS DA REDE PÚBLICA FEDERAL NA BAIXADA FLUMINENSE
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): TALITA DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  LILIANA CABRAL BASTOS - Orientador
Número do Conteúdo: 20639
Catalogação:  30/10/2012 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=20639@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=20639@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.20639

Resumo:
O presente estudo investiga como, por meio de padrões narrativos de se organizar a experiência social, alunos de uma escola da rede pública federal de ensino na Baixada Fluminense constroem valores e imagens de si associados a um ethos que entende a educação formal como caminho para a ascensão social. A pesquisa foi desenvolvida no Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ), mais especificamente na Unidade de Ensino Descentralizada (UnED) de Nova Iguaçu. A instituição, símbolo histórico de tradição na educação profissionalizante, ressignifica-se ao ser inaugurada em uma região sócio-geográfica de periferia e, ao mesmo tempo, contribui na alteração do campo de possibilidades dos filhos da localidade, marcada pelas trajetórias das camadas populares. O percurso analítico da pesquisa procurou aliar a observação e a descrição sistemática da vida social ao olhar atento para a materialidade discursiva tecida via modos narrativos. Nesse sentido, o trabalho buscou, inicialmente, revisitar a pesquisa sobre narrativas orais no campo dos Estudos da Linguagem de orientação sócio-interacional. Foi dado particular destaque à noção de performance narrativa/identitária e à forte imbricação entre narrativas e construção de identidades, considerando-se que, no palco interacional da vida em sociedade, o indivíduo age de modo a transmitir aos seus interlocutores uma imagem de si com base em atributos morais socialmente valorizados. Assim, por meio do uso de recursos linguísticos formais de performance, o narrador posiciona-se ideologicamente frente aos eventos narrados e faz ecoar valores moralmente legitimados de seu meio social. Em seguida, o estudo apresentou contribuições notórias da pesquisa social, em especial da Antropologia das Sociedades Complexas, focalizando como as noções de projeto e de mobilidade social proporcionam uma melhor compreensão do valor atribuído à ascensão social no mundo moderno-contemporâneo. Foram discutidos os ethos tradicionais que caracterizam as culturas das camadas médias e das classes populares, com base na literatura antropológica contemporânea, enfatizando-se o status atribuído à educação como meio de mobilidade social ascendente e suas repercussões simbólicas para as classes trabalhadoras. A pesquisa afilia-se à metodologia interpretativista de pesquisa nas Ciências Sociais, para a qual a etnografia e a observação participante são consideradas modos significativos de se produzir conhecimento sobre a vida social. A análise dos dados orais gerados em situação de entrevista com alunos da UnED de Nova Iguaçu do CEFET/RJ buscou destacar a organização narrativa e os dispositivos de avaliação empregados pelos narradores na construção discursiva dos valores e crenças moralmente reconhecidos como válidos na instituição e na região sócio-geográfica em que está situada. As narrativas estudadas sugerem a coexistência de dois ethos particulares: um marcado por processos de individualização e auto-afirmação, propiciados pela educação escolarizada; outro associado a redes de solidariedade e relacionalidade locais típicas das camadas populares. A pesquisa, enfim, dimensiona a instituição aqui estudada como microcosmo das transformações vivenciadas pela Baixada Fluminense e dá visibilidade a uma parcela específica de sua população que concebe o acesso aos estudos como caminho mais seguro e digno de melhorar de vida.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTA DE FIGURAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXO  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui