Buscas - Coleção Digital
    :                                                                                                 Direitos Autorais
PUC-Rio
PUC-Rio
Toolbox E-mail Help Plugins Acessos Area Restrita
 
aba parte esquerda Coleção Digital aba parte direita
aba parte esquerda Sala Virtual aba parte direita
aba parte esquerda Sala de Aula aba parte direita
aba parte esquerda Lab Remoto aba parte direita
aba parte esquerda EMA aba parte direita
aba parte esquerda Projetos Especiais aba parte direita
Aumentar letra Diminuir letra Normal Contraste
 
Maxwell
imagem de espaçamento
  Página Inicial
imagem de espaçamento
  Buscas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Estatísticas
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
imagem de espaçamento
  Sobre
imagem de espaçamento
rodape do menu


Consulta aos Conteúdos

Estatísticas | Formato DC  

Título: QUE SIGNIFICA PENSAR HISTORICAMENTE: UMA INTERPRETAÇÃO DA TEORIA DA HISTÓRIA DE JOHANN GUSTAV DROYSEN
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PEDRO SPINOLA PEREIRA CALDAS
Colaborador(es): LUIZ DE FRANCA COSTA LIMA FILHO - Orientador
JORN RUSEN - Coorientador
Catalogação: 30/08/2004 Idioma(s): PORTUGUÊS - BRASIL
Tipo: TEXTO Subtipo: TESE
Natureza: PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota: Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=5374@1
Referência [de]: https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/Busca_etds.php?strSecao=resultado&nrSeq=5374@5
Referência DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5374
Resumo:
Através dos elementos teóricos da obra do historiador alemão Johann Gustav Droysen (1808-1886), esta tese pretende analisar o que significa pensar historicamente no século XIX no contexto alemão. Diferentemente das interpretações vigentes, geralmente concentradas nos conceitos de Historismo e Hermenêutica, a tese que se apresenta procura tornar claro não somente como a ciência histórica se torna metodologica e normativamente autônoma, mas sobretudo como neste contexto ela se mostra necessária como conhecimento. Para tal, propõe-se que a história seja concebida como resignação, ação e formação. Trata-se menos de compor uma matriz disciplinar, e sim de compreender hermeneuticamente as complexas configurações que a consciência histórica burguesa pode assumir.
Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ZUSAMMENFASSUNG E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
BIBLIOGRAFIA  PDF
<< voltar
Buscas no domínio PUC-Rio