Informações e Submissões Principal Indexadores Links Normas Chamada Contato
 
Ano 2021 - Fascículo 68 :
 
  EQUIPE
  SUMÁRIO
  APRESENTAÇÃO
  EDITORIAL
  DOSSIÊ: HERMENÊUTICAS DO FEMININO
  TEMAS DIVERSOS
  RESENHA
  TESES
  INICIAÇÃO CIENTÍFICA
  ASSESSORES AD HOC NA REVISÃO POR PARES
  LIVROS RECEBIDOS
  REVISTAS PERMUTADAS
  NORMAS PARA PUBLICAÇÃO
  PUBLICAÇÕES (DESDE 1997)
Desenvolvimento Lambda
DOSSIÊ: HERMENÊUTICAS DO FEMININO


Título
MULHERES, A CASA E A PANDEMIA: A RELIGIÃO COMO SENTIDO E ESPERANÇA
Data de Catalogação: 17/12/2021

Autor(es)
CAROLINA TELES LEMOS

Palavras-Chaves
CASA; MULHERES; PANDEMIA ; RELIGIAO;

DOI
10.17771/PUCRio.ATeo.56608

Resumo
Se tem algo que deixará marcas em nossa vida e sociedade atuais, nestes anos de 2020 e 2021, é a situação de pandemia, causada pelo COVID-19 que estamos vivenciando. A presença de tal situação chama para uma intensa busca de sentido, para que possamos nos situar e manejar as difi culdades que a nós se impõe por tal situação. Este artigo visa apresentar uma análise de parte desse fenômeno: da relação entre o enfrentamento da pandemia causada pelo COVID-19 e a busca pela religião, por parte das mulheres no Brasil, considerando o contexto de patriarcado característico de nossa cultura atual. Para tal, realizamos uma pesquisa bibliográfi ca, onde levantamos as principais características das relações de gênero no Brasil, destacando-se o patriarcado; buscamos em artigos publicados em periódicos especializados e em sites de movimentos sociais que trabalham com mulheres, dados que apresentam informações sobre a incidência e as consequências da presença da pandemia na vida das mulheres. Parte-se do pressuposto que, como em outros aspectos de suas vidas, as crenças e práticas religiosas das mulheres, principalmente se efetivando no âmbito da casa, se intensifi caram nestes tempos, uma vez que também se intensifi caram as situações que representam necessidades de sentido por elas enfrentadas.