INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: O PROCESSO DA CRIAÇÃO E DA COMPOSIÇÃO POÉTICA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JOSE FRANCISCO DA GAMA E SILVA JUNIOR

Colaborador(es):  GILBERTO MENDONCA TELES - Orientador
Número do Conteúdo: 7765
Catalogação:  14/02/2006 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=7765@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=7765@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.7765

Resumo:
O objetivo desta tese é mostrar como uma situação emocional depressiva / melancólica (o mundo interior em ruínas), bem como o mundo interior, emocional, não organizado ou não pensado se transforma em canção: que fatores emocionais da personalidade do poeta são articulados em um dado momento e num determinado contexto, levando-o ou compelindo-o ao processo de criação poética. Usaremos, como ponto de partida, o que os poetas, como Manuel Bandeira, Dante Milano, João Cabral de Melo Neto, Poe, Gilberto Mendonça Teles, Jorge Luiz Borges e T. S. Eliot escreveram ou disseram em entrevistas sobre a criação ou construção do poema ou da obra de arte literária. No estudo que estou apresentando, a arte é entendida da maneira como Susanne Langer a formulou em Sentimento e forma: Arte é a criação de formas simbólicas do sentimento humano. O processo criador da arte pode ser visto, também, como uma forma simbólica pela qual a consciência organiza e expressa a experiência emocional. A arte emerge de um desejo intrinsicamente humano - a necessidade de forma. O foco da tese incide no processo criativo, na tensão entre a ruína emocional ou o caos interior e os recursos lingüísticos empregados pelo poeta na sua ordenação. Subjacente à desintegração ou não- integração psíquica existe um nível profundo que busca a ordem e que dá forma ao caos emocional. O artista deve operar sobre sua experiência, senti-la intensamente, mas simultaneamente separar-se reflexivamente dela; separar o sujeito que sofre a experiência da mente que pensa e cria a obra de arte. Tendo isto em pauta, a tese apresenta um viés psicológico.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
INTRODUÇÃO  PDF
PARTE 1, CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
PARTE 2, CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
PARTE 3, CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
PARTE 4, CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui