$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC | MARC |



Título: INSTANTÂNEOS DA VISITA: A ESCOLA NO CENTRO CULTURAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARIA CRISTINA MONTEIRO PEREIRA DE CARVALHO

Colaborador(es):  ZAIA BRANDAO - Orientador
Número do Conteúdo: 7497
Catalogação:  18/11/2005 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=7497@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=7497@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.7497

Resumo:
Esta tese teve por objetivo investigar a relação escola e centro cultural por intermédio da observação de visitas realizadas por estudantes ao Centro Cultural Banco do Brasil/RJ entre outubro de 2003 e julho de 2004. Essas observações focalizaram o atendimento oferecido pelo Setor Educativo da Instituição de modo a interpretar como se dá a mediação com o público escolar. Os responsáveis por essas visitas, portanto, assumem um papel fundamental no trabalho de campo, provocando reflexões acerca de sua formação e atuação. Além disso, foram realizadas entrevistas com coordenadores, monitores, representante da Instituição, professoras/es e alunos visitantes, bem como foram ouvidos os responsáveis pelos programas culturais nas Secretarias Municipal e Estadual de Educação e na Secretaria Municipal das Culturas. A fotografia e análise documental configuraram-se como recursos complementares no trabalho de campo. Verificouse a expressividade das visitas de escolas públicas em decorrência, principalmente, da gratuidade do transporte, oferecido pelo CCBB e por políticos atuantes em subúrbios do município do Rio de Janeiro. Foi possível constatar várias pedagogias - que por vezes entravam em conflito -, presentes por ocasião da efetivação da visita escolar, evidenciando expectativas diferenciadas por parte dos envolvidos na visita. Apesar de um discurso dos integrantes do Setor Educativo do CCBB - no que diz respeito à opção pelo diálogo com o público escolar, à não intervenção, ao respeito pelo repertório dos alunos -, em vários momentos, imperou uma pedagogia da visita cerceadora e controladora das experiências dos grupos. A pesquisa ratificou a falta de diálogo e a inexistência de articulação entre escolas e centros culturais/ museus já destacadas por outros estudos. Mas, ao mesmo tempo, trouxe elementos que possibilitaram identificar desencontros de expectativas que, muitas vezes, foram a base de tensões entre professores visitantes, monitores e a equipe do Setor Educativo. O trabalho de campo não teve a pretensão de produzir senão instantâneos de visitas que poderão contribuir para uma maior integração entre escola e espaços culturais, reconhecendo-se, nesse sentido, a importância que ocupam atualmente os espaços não-formais de educação no cenário mundial de educação.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
CAPÍTULO 6  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF  
Logo maxwell Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui