INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: DO CORPO À PALAVRA, DA PALAVRA AO CORPO: ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE O COMPLEXO EROTISMO, MÍSTICA E POESIA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CLEIDE MARIA DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  ELIANA LUCIA MADUREIRA YUNES GARCIA - Orientador
MARIA CLARA LUCCHETTI BINGEMER - Coorientador
Número do Conteúdo: 6949
Catalogação:  26/08/2005 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=6949@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=6949@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.6949

Resumo:
O presente estudo constituiu-se como uma investigação de possíveis intercessões entre as experiências dadas pelo erotismo, a mística e a poesia, essa última entendida dentro do contexto grego de poiésis que extrapola os limites do gênero literário, caracterizando-se principalmente como experiência estética de uso consciente da língua. O direcionamento teórico principal foi dado pelo pensamento de Georges Bataille, para quem tanto o amor- paixão quanto a mística religiosa e a poesia são experiências limites de alteridade que revelam a existência de um movimento dialético (sem síntese) entre os interditos que fundam o corpo social e a transgressão dessas mesmas leis. Nosso estudo buscou explorar as intercessões entre as formas de erotismo que Bataille analisa - o erotismo dos corpos, dos corações e sagrado - e a poesia, que o autor menciona como uma quarta forma de erotismo sem desenvolver argumentação mais precisa. Desta forma, nossa hipótese é que possa ser aplicado à poesia, senão todas, algumas das principais características que Bataille aponta no erotismo, definido por ele como experiência em que o ser se põe em questão. A reflexão das questões propostas por Bataille exigiu que fossem abordadas as especificidades da experiência religiosa na contemporaneidade, e a discussão de alguns conceitos da ciência da religião, como por exemplo, uma definição de sagrado que pudesse ser aplicado não apenas a experiências religiosas institucionalizadas, algumas reflexões sobre o pensamento mítico-religioso e a compreensão do caráter primitivamente sagrado da linguagem e do mito. A partir da compreensão da importância do mito para o pensamento mágico-religioso e da constatação de que o mesmo constitui-se a linguagem apropriada para comunicação com as instâncias do sagrado, formulamos a hipótese que a poesia pudesse ser interpretada, em uma sociedade desencantada como a nossa, enquanto solução de continuidade para o mito, sendo ela intrinsecamente religiosa, no sentido em que propõe um salto para fora dos limites do interdito em direção às forças anímicas do sagrado, esse entendido no contexto batailliano. Tencionando clarificar hipóteses e argumentos, foi tomada para um estudo de caso a obra da poeta mineira Adélia Prado, onde foram apontadas e discutidas as relações entre erotismo, mística, palavra poética, sagrado e morte.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
CAPÍTULO 6  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui