INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: DESLOCAMENTO DE LÍQUIDOS VISCOPLÁSTICOS EM MEIOS POROSOS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JANE CELNIK

Colaborador(es):  PAULO ROBERTO DE SOUZA MENDES - Orientador
Número do Conteúdo: 6763
Catalogação:  08/08/2005 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=6763@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=6763@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.6763

Resumo:
Neste trabalho, estudamos o escoamento interno de líquidos viscoplásticos através de uma expansão seguida de uma contração, ambas abruptas e axissimétricas em um tubo de seção circular. Escoamentos deste tipo podem ser encontrados em diversos processos industriais tais como extrusão, deslocamento de líquidos em meios porosos (como por exemplo, escoamento de petróleo através de rochas porosas chamadas de reservatórios), entre outros. Realizamos testes para uma larga faixa de razões entre o comprimento e o diâmetro do tubo, para diferentes razões entre o diâmetro maior e o menor, bem como para diferentes vazões. Observamos regiões de fluido escoadas e não escoadas para diversas combinações destes parâmetros. A tensão limite de escoamento afeta fortemente o padrão do escoamento ao longo do tubo. Para baixos valores da razão comprimento- diâmetro, o líquido viscoplástico apresenta uma fronteira separando-o em duas regiões: na parte externa à fronteira, uma região na qual o fluido não escoou, e na parte interna, a tensão limite de escoamento é excedida e assim, o fluido continua em movimento. Este fenômeno é conhecido por fratura. Para modelar o comportamento do líquido viscoplástico utilizamos o modelo Souza Mendes e Dutra (2004).

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui