$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: A CONTRIBUIÇÃO DA ERGONOMIA AMBIENTAL NA COMPOSIÇÃO CROMÁTICA DOS AMBIENTES CONSTRUÍDOS DE LOCAIS DE TRABALHO DE ESCRITÓRIO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JULIANE FIGUEIREDO FONSECA

Colaborador(es):  CLAUDIA RENATA MONT ALVAO BASTOS RODRIGUES - Orientador
Número do Conteúdo: 6115
Catalogação:  17/03/2005 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=6115@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=6115@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.6115

Resumo:
Dentre os elementos ambientais existentes no local de trabalho de escritórios, a cor é um dos que pode provocar sensações e promover o bem estar emocional. Esta pesquisa partiu do pressuposto de que os profissionais de arquitetura não utilizam uma metodologia que se ocupe da análise das atividades em situações reais de trabalho para a concepção de projetos cromáticos. Dessa forma este trabalho dividiu-se em duas etapas: a primeira parte conceitual, pretendeu apresentar um panorama geral do estado da arte dos conceitos relacionados ao tema. A segunda parte correspondeu a uma pesquisa de campo onde buscou-se ouvir a voz dos usuários-trabalhadores de um local de trabalho de escritório, que teve seu ambiente totalmente reformado, inclusive com alterações cromáticas e também, ouviu-se a voz dos profissionais de arquitetura, a respeito de seus conhecimentos acerca da ergonomia e seus procedimentos metodológicos para a elaboração de projetos cromáticos para locais de trabalho. A partir da análise dos resultados foi possível confirmar a hipótese dessa pesquisa e concluir que a Ergonomia Ambiental, por focar na análise do homem realizando o seu trabalho, apresenta-se como um método de intervenção em locais de trabalho capaz de suprir algumas das falhas conceituais das metodologias usuais de planejamento e projeto arquitetônico e cromático.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
CAPÍTULO 8  PDF
CAPÍTUTO 9  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, ANEXOS E APÊNDICES  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui