$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC | MARC |



Título: O POTENCIAL DIDÁTICO DO SAMBA-EXALTAÇÃO NO ENSINO DE PORTUGUÊS COMO SEGUNDA LÍNGUA PARA ESTRANGEIROS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): DEISE DULCE BARRETO DE LEMOS

Colaborador(es):  LIANA DE ANDRADE BIAR - Orientador
ADRIANA FERREIRA DE SOUSA DE ALBUQUERQUE - Coorientador
Número do Conteúdo: 59065
Catalogação:  18/05/2022 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=59065@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=59065@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.59065

Resumo:
O presente estudo se propôs a investigar as possibilidades de uso do gênero musical samba-exaltação como ferramenta didática em aulas de Português como Segunda Língua para Estrangeiros. Ressaltamos que nosso enfoque se voltou aos sambas-exaltação provenientes das agremiações carnavalescas as quais promovem desfiles de escolas de samba durante os festejos do carnaval, celebração conhecida internacionalmente. Iniciamos o estudo tendo em mente o objetivo de observar as identidades dos sujeitos presentes nos sambas-exaltação, música que faz parte do carnaval e possui forte representatividade para os brasileiros frequentadores de escolas de samba. Defendemos que a leitura desse gênero textual pode ser uma ferramenta para conhecer as subjetividades do brasileiro nesse contexto, compreendendo, outrossim, sua relação com o carnaval protagonizado pelas escolas de samba e as razões que o levam a fazer parte deste grupo social. Realizamos uma análise qualitativa, de cunho exploratório, em sambas-exaltação de escolas provenientes das cinco regiões do Brasil, contemplando diferentes cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Corumbá, Uruguaiana e Manaus. A fim de esmiuçar as letras, organizamos a pesquisa em quatro categorias, investigadas separadamente: Relação estabelecida entre o sujeito e a escola; Relação estabelecida entre passado e presente; Sentimentos que conectam o sujeito à escola; Relação entre sujeito e espaço. Os resultados finais indicam o potencial do gênero musical para o ensino de Português como Segunda Língua para Estrangeiros, razão pela qual propomos que seja uma possível ferramenta de trabalho disponível para o docente. Concluímos que as letras estudadas oferecem um rico recurso para unir o ensino da gramática e do léxico aos processos de (des)construção da imagem que o estrangeiro pode realizar sobre os brasileiros, ressaltando que o samba-exaltação revela identidades e emoções compartilhadas coletivamente pelos componentes, nos bastidores do carnaval, longe do espetáculo. Como referencial teórico, baseamo-nos nas concepções de Cultura abordadas por Hall (1959), Singer (2000), Laraia (2002), Williams (2007) e Hofstede, Hofstede e Minkov (2010). Para tratar de Interculturalidade, contamos com as abordagens de Peterson (2004), Bennett (1998) e Hofstede, Hofstede e Minkov (2010). As noções de Identidade são embasadas nas perspectivas de Bauman (2005).

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Logo maxwell Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui