INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: ESTUDO DA REAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO ENTRE MOO3 E ALUMINAS E ENTRE WO3 E ZRO2
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JORGE SIQUEIRA DA CRUZ

Colaborador(es):  SILVANA BRAUN - Orientador
LUCIA GORENSTIN APPEL - Coorientador
Número do Conteúdo: 5783
Catalogação:  17/12/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5783@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5783@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5783

Resumo:
Sistemas Mo/Al2O3 e W/ZrO2 foram estudados a fim de evidenciar se a reação WO3+ZrO2 ocorre no estado sólido, e se a reação MoO3+Al2O3, também no estado sólido, ocorre com aluminas porosas. Para tanto, essas misturas foram preparadas utilizando-se dois teores de Mo e de W, respectivamente: 5 e 10 µmolMo/m2 de suporte alumina e 10 e 16 µmolW/m2 de suporte zircônia sendo tratadas a 773 K. Para o caso dos sistemas Mo/Al2O3, foram utilizadas três aluminas com diferentes propriedades, tais como: área específica, porosidade, grau de hidroxilação e distribuição de grupos OH superficiais. Para os sistemas W/ZrO2, verificou-se também o efeito de temperatura de tratamento mais elevada: 973 K. Todas as amostras obtidas foram caracterizadas pelas técnicas de: difração de raios-X, adsorção de N2, espectroscopia de absorção na região do infravermelho e de reflectância difusa no UV-visível. Considerando-se os sistemas Mo/Al2O3, verificou-se que o MoO3 reagiu com as três aluminas, apesar da maior dificuldade de difusão de massa devido à textura das aluminas porosas, formando estruturas de Mo diferentes do óxido original, sendo que a maior dispersão, sobre o suporte, das espécies de Mo geradas parece estar relacionada à presença de grupos hidroxila mais básicos. Para os sistemas W/ZrO2, os resultados também evidenciaram que foram geradas espécies de tungstênio diferentes do WO3 original, sendo que a utilização da maior temperatura de calcinação levou à formação de mais espécies de W dispersas sobre o suporte.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui