$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: ALÉM DA PONTA DO ICEBERG: O PAPEL DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS NA PROJEÇÃO DE VERDADES E OPINIÕES NO DISCURSO EDITORIAL: UMA PROPOSTA FUNCIONAL COGNITIVA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCIANE MORITZ SOMMER

Colaborador(es):  TANIA MARA GASTAO SALIES - Orientador
Número do Conteúdo: 5758
Catalogação:  03/12/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5758@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5758@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5758

Resumo:
O editorial de um jornal de grande circulação faz mais do que emitir uma opinião. Ele tem poder de transformação e, muitas vezes, até mesmo de manipulação das massas de leitores. Motivada por este saber intuitivo, esta pesquisa investigou os processos psico-pragmáticos que o poderiam explicar academicamente. Adotou a Lingüística Funcional Cognitiva como abordagem teórica, mais especificamente o Modelo dos Espaços Mentais de Fauconnier (1994; 1997), assim como a Análise do Discurso (Brown e Yule, 1983). Para fazê-lo, analisou um corpus de 20 editoriais publicados nos maiores jornais do Brasil, à luz dos seguintes princípios norteadores: mesclagem, perspectivação e jogo figura-chão e elegeu as orações subordinadas como foco investigativo. Os resultados apontam que as orações subordinadas substantivas são as que mais tipicamente ocorrem no corpus assim como indicam que elas constituem espaços de referenciação nos quais crenças se colam com o espaço da realidade, projetando opiniões como se estas fossem verdades. Apesar de sintaticamente funcionarem como chão, perceptualmente são salientes e funcionam como figuras. Através da análise utilizada, a pesquisa conseguiu mostrar sistematicamente aquilo que muitos leigos apenas intuem e poderá ser ponte para práticas pedagógicas na escola de jornalismo que envolvam um processo de reflexão crítica sobre o processo cognitivo de mesclagem que ancora a produção dos editoriais.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui