$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
X
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC |



Título: PRIMARY MATERNAL PREOCCUPATION: CONDITIONS OF INSTAURATION AND THEIRS CHALLENGES IN ACTUALITY
Autor: NATALIA DE TONI GUIMARAES DOS SANTOS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Colaborador(es):  SILVIA MARIA ABUJAMRA ZORNIG - ADVISOR
Nº do Conteudo: 57455
Catalogação:  18/02/2022 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL
Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=57455@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=57455@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.57455

Resumo:
Being a mother is not an universal attribute of the female individuals of the human species, but the conception of mother s function and mother s place are constantly influenced by the socio-cultural context. We are nowadays witnessing a multiplicity of female destinies and it is witnessed that new challenges are being introduced to motherhood, more specifically to the configuration of the primary maternal preoccupation. This classic concept of Donald Winnicott is defined as a maternal state that begins at the end of gestation and lasts throughout the early life of the child, promoting a deep identification from the mother with her baby, in order to enable her to attend to her basic needs. In this state, the woman lives, at the same time and paradoxically, an anchoring in herself, in the infant that returns to her from the process of becoming a mother, as well as a maternal subjectivity silencing in favor of the proto-symbolic and intersubjective communication with the child. Our proposal in this work, then, is to investigate the female experience on the path to maternity, and more specifically, to analyze how it occurs the construction of the primary maternal preoccupation, that is, what conditions for its establishment are, as well as the challenges it shows in the contemporary context. Based on our longitudinal field research with middle-class women of productive and reproductive age in Rio, we point to the emergence of new nuances in the state of primary maternal preoccupation, featured the higher maternal expectation regarding the father s participation in the caring for baby. In this field of maternity construction, the care ethics is a central element, once rather than the biological conditioning of women in the subject matter, the desire and symbolic fields are shown as determinants in this endeavor.

Descrição Arquivo
COMPLETE  PDF
Logo maxwell Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui