$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: A QUINTA COLUNA: A GERAÇÃO DOS DIRETORES ITALIANOS NA RENOVAÇÃO DO TEATRO BRASILEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ALESSANDRA VANNUCCI

Colaborador(es):  KARL ERIK SCHOLLHAMMER - Orientador
TANIA BRANDAO DA SILVA - Coorientador
Número do Conteúdo: 5660
Catalogação:  26/10/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5660@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5660@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5660

Resumo:
A presença de diretores teatrais italianos (Adolfo Celi, Ruggero Jacobbi, Luciano Salce, Flaminio Bollini, Gianni Ratto, Alberto d`Aversa) na renovação do teatro brasileiro (década de 1950) remete ao campo teórico de representação dos processos de modernização da cultura, entre anseio de globalização (alcançar o padrão internacional) e preservação do local (atingir o Brasil autêntico). A polêmica entre esteticismo cosmopolita e brasileirismo permea o debate renovador desde a sua implantação. Motivada pela missão pioneira de instalação da cena dirigida, a transculturação de pessoas e idéias que ocorre com a interferência da geração dos diretores italianos no processo de denvolvimento da cena brasileira oferece recorte temático privilegiado para narrar os fatos da modernização da arte no Brasil. Suas intuições, heranças, oportunidades e invenções perdidas, investigadas em amplo acervo de documentos inéditos, sugerem um quadro de realização somente parcial do sonho moderno.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
BIBLIOGRAFIA E ILUSTRAÇÕES  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui