$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: ENSAIOS SOBRE OS INSTRUMENTOS DE POLÍTICA CAMBIAL E HEDGE
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): FERNANDO NASCIMENTO DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  WALTER NOVAES FILHO - Orientador
Número do Conteúdo: 5433
Catalogação:  09/09/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE      trabalho premiado
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5433@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5433@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5433

Resumo:
Esta Tese de Doutorado consiste de três ensaios sobre os instrumentos de Política Cambial e Hedge. No primeiro ensaio, mostramos que os instrumentos de intervenção do Banco Central no mercado de câmbio só foram eficazes em períodos sem crise cambial. No segundo ensaio, mostramos utilizando um banco de dados original com 23.767 contratos de swap cambial abertos em 2002, que houve um forte componente especulativo na demanda de derivativos de câmbio de empresas de capital aberto brasileiras. De um total de 93 empresas com posições abertas, 51 especularam e 42 fizeram hedge. Finalmente, o terceiro ensaio mostra que as intervenções com derivativos de câmbio do Banco Central só foram repassadas para o setor produtivo pelas instituições financeiras em períodos sem crise cambial.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF  
INTRODUÇÃO  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CONCLUSÃO  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E APÊNDICES  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui