INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: SALAS DE LEITURA: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LEDA MARIA DA FONSECA

Colaborador(es):  SONIA KRAMER - Orientador
Número do Conteúdo: 5123
Catalogação:  02/07/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5123@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=5123@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.5123

Resumo:
Este estudo enfoca o programa Salas de Leitura da rede municipal do Rio de Janeiro. Seu principal objetivo é analisar as atividades realizadas nesses espaços, particularmente, as práticas instituídas com o texto literário. Para contextualizar historicamente as Salas de Leitura, analisei os documentos oficiais que regulamentam o programa desde a sua implantação. Desta forma, verifiquei que as Salas de Leitura deixaram de ser espaços privilegiados de práticas leitoras de textos literários, como eram em sua origem, para se tornarem espaços multimidiáticos. Além da análise documental, observei duas Salas de Leitura e realizei entrevistas com professores e alunos dessas escolas. Analisando o campo, pude perceber que coexistem diferentes concepções e expectativas em relação ao programa. Situo esta pesquisa numa perspectiva sócio-histórica, em que as idéias de Mikhail Bakhtin são importantes referenciais.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF
INTRODUÇÃO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CONCLUSÃO  PDF
BIBLIOGRAFIA E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui