$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: GIRL S COMPULSORY SCHOOL ABANDONMENT: REPRODUCTIVE WORK AND DOMESTIC WORK IN MODERNITY/COLONIALITY
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): FLAVIA MARIA CAVALLO PFEIL

Colaborador(es):  MARIA HELENA RODRIGUES NAVAS ZAMORA - Orientador
Número do Conteúdo: 50737
Catalogação:  10/12/2020 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL

Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=50737@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=50737@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.50737

Resumo:
This research aims to analyze the specificities of the so-called school abandonment of girls from the public school system. Based on the dialogue with feminist, decolonial and anti-racist authors, we seek to trigger the persistence of colonial logic, essentially racist and patriarchal, in modernity/coloniality and its effects on the girls and women from subalternized classes lives. We analyze that girls failure and / or abandonment, as well as boys, are most often the product of the economic and racial inequality that structures our society. However, in the case of girls, who historically have, in the patriarchal order, their reproductive and sexual capacities as a target for control and exploitation, their withdrawal from school has peculiar reasons. They are related to the sexual division of labor, which places reproductive work and domestic work as natural and priority functions of the so-called female sex, placing any other activity in a less important place. Operating in coloniality, education can also have an important role in this process. By (re)producing discourses and practices that reinforce sexual roles, it perpetuates the idea that schooling is secondary for girls, contributing to school abandonment.

Descrição Arquivo
COMPLETE  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui