$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: FOTOLIVRO COMO MONTAGEM: FENÔMENOS DE JUSTAPOSIÇÃO EISENSTEINIANA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ANA PAULA VITORIO DA COSTA

Colaborador(es):  FREDERICO OLIVEIRA COELHO - Orientador
ALVARO JOAO MAGALHAES DE QUEIROZ - Coorientador
Número do Conteúdo: 50697
Catalogação:  09/12/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=50697@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=50697@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.50697

Resumo:
Livros particularizados pela importância e predomínio da fotografia são frequentemente definidos como livros fotográficos ou fotolivros. São fenômenos caracterizados principalmente pela maneira como relacionam as imagens fotográficas entre si e com outros sistemas de signos (texto verbal, pintura, desenho, tipografia, projeto gráfico etc.), e pela forma como exploram a materialidade do livro. Em nossa tese, a montagem é o princípio por meio do qual os livros fotográficos são construídos e estruturados. Ela consiste no principal processo que regula as relações entre as partes que compõem essas obras. Quatro importantes fotolivros brasileiros, publicados na segunda metade do século XX, são observados nesta pesquisa. São eles Viagem pelo Fantástico, de Boris Kossoy (1971); Amazônia, de Claudia Andujar & George Love (1978); São Paulo Anotações, de George Love (1982); e Silent Book, de Miguel Rio Branco (1997). Utilizamos a teoria eisensteiniana para descrever esses trabalhos e verificamos que, como um princípio, a montagem pode ser observada, em vários níveis, como reguladora das relações que estruturam os fotolivros. Cada imagem fotográfica ocorre como uma montagem e, por sua vez, participa das justaposições que acontecem nas páginas, dípticos e trípticos. As partes que definem a obra, sequenciadas, atuam umas sobre as outras obedecendo a princípios semelhantes em novas escalas. O processo ocorre sucessivamente e produz a obra como uma imagem (no sentido proposto por Eisenstein).

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui