$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: MODAS DE VESTIR, MODOS DE SER: TRADIÇÃO E MODERNIDADE NO RIO DE JANEIRO (1808-1908)
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): OLGA CAROLINA PONTES BON VELOZO

Colaborador(es):  EVERARDO PEREIRA GUIMARAES ROCHA - Orientador
Número do Conteúdo: 49841
Catalogação:  07/10/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=49841@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=49841@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.49841

Resumo:
Esta tese examina como as mudanças ocorridas na sociedade ocidental moderna modificaram a relação entre as pessoas e o vestir, construindo as bases para o desenvolvimento de um fenômeno conhecido como moda. Nos períodos anteriores à modernidade, principalmente na Idade Média e no Antigo Regime, verificamos a existência das vestimentas como uma marcação social, prevalecendo a concepção holista de mundo. Nesses períodos, havia uma ordem hierárquica e estamental, sem mobilidade social, onde preponderavam as leis suntuárias, que objetivavam, dentre outras coisas, o controle ao vestuário. Dessa forma, a roupa significava uma condição, uma qualidade, um instrumento de regulação política, social e econômica, onde cada um ocupava seu lugar, usando as vestes próprias à sua posição. Na passagem para a modernidade e para a concepção individualista de mundo, pensamentos, conceitos e valores foram atravessados por novas perspectivas que foram construídas ao longo de muitos séculos, a partir de acontecimentos não só marcantes, mas estruturantes de um novo período, alterando drasticamente a relação da sociedade ocidental com a roupa. Portanto, parte-se da premissa de que a moda não é fruto de uma historiografia linear e evolucionista, mas sim de uma confluência de fatores que possibilitam seu desenvolvimento e funcionamento como a entendemos atualmente. Nesse sentido, a reflexão da tese é transportada para a particularidade do caso brasileiro, mais precisamente para a cidade do Rio de Janeiro, a partir da chegada da Corte portuguesa, em 1808, percebendo como a presença da Família Real instaurou bases e estruturas próprias de uma mentalidade hierárquica e estamental, aumentando tensões que marcaram o período, tendo a indumentária papel protagonista na batalha pelos signos sociais prestigiosos e seus modos de uso. Ao longo das décadas seguintes, os acontecimentos que ocorreram na cidade deixavam em evidência o desabrochar de características típicas da modernidade, que se desenvolvia a passos largos, deixando para trás o engessamento social através da indumentária estabelecido previamente com a Corte e consolidando o sistema da moda no Rio de Janeiro.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui