INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: HABITANDO ESPAÇOS EM MOVIMENTO: INDIVÍDUO, FAMÍLIA E CONTEXTO SÓCIO-HISTÓRICO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): EDNA LUCIA TINOCO PONCIANO

Colaborador(es):  TEREZINHA FERES CARNEIRO - Orientador
Número do Conteúdo: 4973
Catalogação:  04/06/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4973@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4973@2
Referência [fr]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4973@3
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.4973

Resumo:
É especialmente importante para a Terapia de Família relacionar o indivíduo, a família e o contexto sócio- histórico. Três perspectivas da relação família-indivíduo são destacadas, salientando uma compreensão Interdisciplinar e acrescentando algumas considerações a respeito do Brasil. O processo sócio-histórico da cultura ocidental indica que o indivíduo busca constituir-se como pessoa, enquanto a família se define como um grupo que permite a realização de personalidades individuais. Uma compreensão filosófica e histórica da família e do sujeito, entretanto, assinala uma separação entre eles. Para discutir esta separação, é realizado um mapeamento, em três sentidos. Primeiro, o projeto científico para as Ciências Humanas, caracterizado pela exclusão da subjetividade, é discutido, distinguindo-se a história da Psicologia e a da Terapia de Família. Segundo, os contextos e transformações de teorias e práticas terapêuticas, em que a formulação da exclusão entre relacional e intrapsíquico revela-se, principalmente, no embate entre a Teoria Sistêmica e a Psicanálise. Por conseqüência, examina-se o conjunto de alternativas diferenciadas, incluindo os sistêmicos influenciados pela Psicanálise, as terapeutas de família feministas, a Terapia de Família psicanalítica, o Construtivismo, o Construcionismo Social e a Psicologia da Família; e discute-se a fragmentação, a unificação e a integração de teorias e práticas, tanto na Psicologia quanto na Terapia de Família. Terceiro, os estudos sobre família, terapias e terapeutas de família no Brasil, em que são analisados alguns artigos de periódicos nacionais, os cadernos de resumos dos Congressos Brasileiros de Terapia de Família e as entrevistas realizadas com cinco terapeutas de família do Rio de Janeiro. Apresenta-se uma visão panorâmica deste campo de estudos, destacando algumas características e enfatizando o movimento de integração entre diversas teorias e práticas na Terapia de Família. Por fim, desenvolve-se uma proposta teórica de articulação que permite relacionar o indivíduo, a família e o contexto sócio-histórico, no qual os primeiros se inserem, e, ainda, aproximar a teoria e a experiência pessoal. Estas relações são relevantes à construção do conhecimento para as Ciências Humanas, apoiando-se em analogias e metáforas constitutivas, tais como a do espaço exterior e a do espaço interior.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, RÉSUMÉ E SUMÁRIO  PDF
CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CAPÍTULO 5  PDF
CAPÍTULO 6  PDF
CAPÍTULO 7  PDF
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  PDF
APÊNDICES  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui