$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: DE BAILE EM BAILE: UMA HISTÓRIA SOCIAL DO FUNK CARIOCA (1989-2000)
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): JULIANA LESSA VIEIRA

Colaborador(es):  LEONARDO AFFONSO DE MIRANDA PEREIRA - Orientador
Número do Conteúdo: 49684
Catalogação:  01/10/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=49684@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=49684@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.49684

Resumo:
Esta tese de doutorado se propõe a analisar as relações de negociação e conflito travadas entre agentes diversos do movimento funk, da mídia empresarial e do Estado ao longo da última década do século XX. Por meio de matérias veículadas pela imprensa, das letras e dos depoimentos dos próprios funkeiros e dos registros produzidos por distintos representantes do poder público busca-se discutir as estratégias utilizadas pelos adeptos dos funk para se afirmar nos principais canais midiáticos, assim como a reação de diferentes setores do Estado às formas de mobilização e de expressão cultural por eles representada. Essas relações, longe de comporem uma trajetória uniforme e linear, desvelam um intrincado processo no qual se cruzavam fluxos culturais, interesses de classe, formações estéticas e práticas repressivas diversas através das quais é possível identificar os movimentos de negociação e enfrentamento adotados pelas personagens elencadas. Espera-se, com isso, compreender como tais dinâmicas impactaram na produção de funk e nos formatos dos bailes. Paralelamente, pretende-se avaliar de que maneira essa manifestação cultural permite entrever as tensões sociais e os movimentos de trocas simbólicas que ocorriam num contexto de redemocratização e de consolidação do neoliberalismo.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui