$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: ANALIZANDO O USO DE MEMORIA EM LUA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PABLO MARTINS MUSA

Colaborador(es):  ROBERTO IERUSALIMSCHY - Orientador
Número do Conteúdo: 49000
Catalogação:  16/07/2020 Idioma(s):  INGLÊS - ESTADOS UNIDOS

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=49000@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=49000@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.49000

Resumo:
Inchaço de memória e um problema que ocorre quando a memória consumida por um programa excede a expectativa do programador. Em muitos casos, o inchaço de memória prejudica o desempenho ou, até mesmo, interrompe a execução de aplicações. Detectar e consertar inchaços de memória é uma tarefa difícil para programadores e, portanto, eles costumam usar ferramentas para identificar e consertar problemas desta natureza. Nas últimas duas décadas, muitos trabalhos e ferramentas foram desenvolvidos com o intuito de ajudar programadores a abordar problemas de inchaço de memória, entre eles perfiladores de memória. Apesar de perfiladores de memória terem sido muito estudados nos últimos anos, existe uma lacuna em relação a linguagens de script. Nessa dissertação, nós estudamos perfiladores de memória para linguagens de script. Primeiro, nos propomos uma classificação que divide as ferramentas em manual e automática baseada em como elas são usadas pelos programadores. Em seguida, após estudar ferramentas disponíveis em três linguagens de script diferentes, nós experimentamos algumas das técnicas estudadas ao construir dois perfiladores de memória automáticos para ajudar programadores Lua a resolver inchaços de memória. Finalmente, nós avaliamos ambas as ferramentas com relação a facilidade de integração ao programa, a utilidade dos relatórios para o entendimento de programas desconhecidos e para a localização de inchaços de memória e ao custo de desempenho que elas geram.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui