$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: O LABORATÓRIO DE DESIGN COMO CAMPO DE EXPERIMENTAÇÃO: PRÁTICA REFLEXIVA E DESCOBERTA PROJETUAL
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): VINICIUS MESQUITA ARRUDA CAMARA

Colaborador(es):  CARLOS EDUARDO FELIX DA COSTA - Orientador
Número do Conteúdo: 48662
Catalogação:  18/06/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=48662@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=48662@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.48662

Resumo:
No contexto atual, de um mundo cada vez mais digital, os fazeres manuais sofrem um isolamento no que diz respeito ao ato de projetar. Partindo de autores como Adélia Borges (2011), Tomás Maldonado (2009) e Richard Sennett (2013), temos o plano de fundo para começar a entender as relações entre o fazer manual e os preconceitos existentes em relação a tais práticas. Por sua vez José Luiz Ripper (apud COUTO, 1991) e Lorraine Wild (2015) defendem a importância de manualidades como parte fundamental do processo de Design. A presente dissertação expõe, uma investigação sobre tal fazer e a sua importância no ato de projetar. Com foco específico no uso e apropriação dos laboratórios de ensino práticos como complemento ao ensino teórico, e as habilidades manuais como ferramenta de desenvolvimento do aluno durante a sua formação como designer. Valendo-se da metodologia da prática reflexiva definida por Donald Schön (2000), entendemos as práticas manuais experimentais, como sendo fundamentais para o desenvolvimento do aluno de Design, onde o fazer e o analisar durante todo o processo se tornam partes indissociáveis. Para o desenvolvimento da dissertação realizamos uma pesquisa de natureza aplicada, com uma abordagem qualitativa. Executando uma pesquisa de tipologia exploratória que se apropriou dos procedimentos de pesquisa bibliográfico, pesquisa de campo e pesquisa-ação. Com o intuito de alcançar o objetivo geral de propor a experimentação prática no âmbito dos laboratórios de ensino, como forma de construção de repertório.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui