INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: GESTÃO DE ESTOQUES DE PRODUTOS EM PONTOS DE VENDA: ESTUDO DE CASO EM VAREJISTA BRASILEIRA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): DEBORA CAMPBELL DE OLIVEIRA

Colaborador(es):  ANTONIO MARCIO TAVARES THOME - Orientador
Número do Conteúdo: 47979
Catalogação:  11/05/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47979@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47979@2

Resumo:
É devido a um aspecto de inovação e mudança no comportamento do consumidor que o mercado varejista vêm se modificando ao longo do tempo e criando novos formatos de lojas físicas. Um exemplo, são as lojas de bairro, pequenas e especializadas, que visam o atendimento de conveniência e buscam aproveitar da melhor forma possível os espaços físicos em localidades estratégicas. Porém, para gerenciar o estoque de mercadorias em um espaço reduzido e limitado se faz necessário também focar na melhoria da gestão dos estoques, com o intuito de melhor atender aos clientes e de evitar desperdícios com excessos e perdas de vendas com as rupturas. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é analisar o cenário dos estoques existentes de nove lojas de conveniência de uma rede varejista brasileira e, utilizando um modelo tradicional de gestão de estoques presente na literatura, encontrar respostas para as questões de, quando pedir e o quanto pedir de mercadoria. Além disso, esta pesquisa ainda acrescenta a indagação de o quanto deve ser mantido de estoque de segurança para evitar o desbalanceamento do mesmo e, para responder a estas perguntas, é necessário lidar com o equilíbrio entre custos, nível de serviço e espaço físico disponível. Os resultados do estudo agregam os valores encontrados com os cálculos quantitativos juntamente com uma análise qualitativa com relação ao espaço existente nas lojas analisadas. E, as conclusões foram que para o equilíbrio entre custo, nível de serviço e limitação de espaço físico os valores de ponto de reposição e tamanho de lote seriam suficientes para um nível de serviço de 95 por cento.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui