$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: CONFLITOS NA COCONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTOS POR UM ALUNO SURDO DO ENSINO FUNDAMENTAL I EM INTERAÇÃO NAS AULAS DE INGLÊS DE UMA ESCOLA MUNICIPAL INCLUSIVA DO RIO DE JANEIRO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): ADRIANA BAPTISTA DE SOUZA

Colaborador(es):  MARIA DAS GRACAS DIAS PEREIRA - Orientador
ALINE NUNES DE SOUSA - Coorientador
Número do Conteúdo: 47515
Catalogação:  16/04/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47515@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47515@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.47515

Resumo:
Esta pesquisa tem por objetivo principal analisar a interação escolar de um aluno surdo em um contexto praticamente inexplorado no Brasil: as aulas de Inglês como língua estrangeira do primeiro segmento do ensino fundamental de uma escola pública inclusiva. De forma específica, procura-se investigar: (i) como o aluno surdo coconstrói conhecimentos em um contexto multilíngue com três línguas em contato (Inglês, Português e Libras), acrescidas dos sinais caseiros trazidos pelo aluno surdo e da linguagem não verbal que compõe o cenário interacional; (ii) de que forma a interação do aluno surdo com os outros participantes – a professora de Inglês, os colegas ouvintes e a intérprete educacional – impacta a coconstrução de conhecimentos. A abordagem teórico-metodológica é da Linguística Aplicada no âmbito da Microetnografia de sala de aula, com um estudo de caso, de natureza qualitativo-interpretativista, realizado em uma turma de primeiro ano do ensino fundamental de uma escola municipal inclusiva do Rio de Janeiro denominada escola de educação bilíngue (LibrasPortuguês). A geração de dados foi feita em 2018. Nos primeiros meses, houve a ambientação da pesquisadora na escola, com observações da rotina escolar e das aulas de Inglês da turma-alvo, registradas em notas de campo. Nesse período, foram também realizadas entrevistas semiestruturadas com a coordenadora pedagógica da escola, a professora de Inglês da turma-alvo, o aluno surdo incluído e sua responsável legal, para o mapeamento do contexto escolar, das características dos participantes da pesquisa e das suas perspectivas acerca do objeto de investigação. Após os meses de ambientação, foram feitos registros audiovisuais de aulas de Inglês na turma-alvo, das quais foram selecionadas duas para análise: uma aula sem a presença da intérprete educacional e a outra com a sua presença, o que possibilitou uma comparação entre as estruturas de participação em cada situação para fins de identificar possíveis impactos dessas diferentes configurações na coconstrução de conhecimentos do aluno surdo. Os dados foram transcritos mediante convenções da análise da conversa e de estudos sobre a Libras. A análise de dados indica que, na interação com a professora de Inglês, seus colegas ouvintes e a intérprete, o aluno surdo constrói afetividades e demonstra conhecimentos acerca dos padrões interacionais de sala de aula. Com a intérprete educacional, em especial, apesar da grande resistência travada pelo aluno, há coconstrução de conhecimentos em Libras e sobre a Libras. Não há evidências, no entanto, de coconstrução de conhecimentos em Inglês ou sobre o Inglês, o que pode ser resultante da abordagem metodológica utilizada, que é baseada na oralidade, não contemplando, portanto, as especificidades do aluno surdo. Há, assim, muitos desafios enfrentados por todos os participantes da pesquisa e, principalmente, pelo aluno surdo no que tange à coconstrução de conhecimentos. Os resultados do estudo podem contribuir para reflexões acerca do processo de inclusão do aluno surdo e da necessidade de adequação metodológica no que tange ao ensino de línguas estrangeiras de modalidade oral-auditiva para surdos do primeiro segmento do ensino fundamental em contexto inclusivo, o que carece de pesquisas atualmente e torna este estudo pioneiro na área.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui