$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: GESTÃO DE RETIRADA DE CARGA DE RECINTOS ALFANDEGADOS: SUGESTÃO DE PREVENÇÃO À ARMAZENAGEM EXTRA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): SUELLEN SANTANA FERNANDES CAMPOS

Colaborador(es):  JOSE EUGENIO LEAL - Orientador
PAULA SANTOS CERYNO - Coorientador
Número do Conteúdo: 47285
Catalogação:  30/03/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47285@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47285@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.47285

Resumo:
O presente trabalho trata das principais causas que geram armazenagem alfandegada acima do prazo inicial concedido pelos armazéns alfandegados para realização da nacionalização da carga. Esta pesquisa está restrita aos processos de importação de uma empresa de grande porte da indústria de óleo e gás. Tendo em vista que os valores de armazenagens são pagos de forma correspondente ao valor FOB de cada carga e que o setor da empresa analisado foi responsável pela importação de um valor FOB de 35.157.935.870 bilhões no ano de 2017, o que representa 4 por cento do PIB do Brasil, buscou-se uma proposta de melhoria que reduzisse os índices da empresa através da utilização de ferramenta Lean. A investigação foi realizada através de verificação dos registros da empresa em sistema informatizado, os dados recolhidos foram analisados através da análise dos cinco porquês e classificados em sete fatores principais. Após esta etapa, houve a priorização de análise das causas de armazenagens superiores ao tempo estabelecido dos fatores com maior recorrência e sugestões de ações corretivas foram informadas através de brainstorming. Como resultado alcançado, houve a indicação de uma nova forma de contratação de prestação de serviços para a empresa em questão e diversas sugestões de melhoria nos demais fatores causais. A utilização do Lean nos processos de armazenagem já foi foco de diversos estudos na área acadêmica, no entanto, a utilização do Lean em processos de gestão de armazenagem alfandegada representa um avanço, visto que o tratamento entre a armazenagem comum e a alfandegada diverge de forma muito significativa entre si. Além disso, as proposições de melhoria do estudo foram aplicadas e estão em exercício no ano de 2019. Novas pesquisas na área podem ser aplicadas buscando a verificação e quantificação do resultado obtido pelas sugestões informadas.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui