$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: BETWEEN BORDER-LINES AND BORDER-LANDS: GENDER, POLITICS AND INTERSECTIONALITY IN FUNK CARIOCA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): MARIANA GOMES CAETANO

Colaborador(es):  MARIA SARAH DA SILVA TELLES - Orientador
ADRIANA FACINA GURGEL DO AMARAL - Coorientador
Número do Conteúdo: 47039
Catalogação:  09/03/2020 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL

Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47039@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=47039@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.47039

Resumo:
The militarization of everyday urban life, which has marked public security policies in the state of Rio de Janeiro, bears consequences for cultural practices, especially those of favelas and peripheries. This is the case of funk carioca. Between Border-Lines and Border-Lands: Gender, Politics and Intersectionality in Funk Carioca conceives this musical genre, which is a cultural expression of the African diaspora, within the categories of borderland and intersectionality to present it as a borderland culture: a place of diversity and a meeting place. Three hypotheses underpin this reading: the language of the borderland culture-form; present-day stimuli to issues of race and gender diversity; the fact that this borderland is inhabited by so-called killable bodies. Brazilian funk subgenres display a logic of masculine and feminine gendering. The proibidão (forbidden) subgenre iterates hegemonic masculinity; the putaria (explicit) subgenre iterates the transgression of a femininity that is viewed as ideal. Funk carioca shows that in borderland culture there is no room for binarism, no inside and outside place: ambiguity rules and blasphemy allows dreaming.

Descrição Arquivo
COMPLETE  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui