$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: FERRAMENTA PARA AVALIAÇÃO DE ESTRATÉGIAS QUANTITATIVAS DE COMPRA E VENDA DE AÇÕES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): BERNARDO RIOMAR GUARANY ARAUJO

Colaborador(es):  BRUNO FANZERES DOS SANTOS - Orientador
Número do Conteúdo: 46988
Catalogação:  02/03/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46988@1
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.46988

Resumo:
No mundo do mercado de capitais há duas estratégias principais na alocação de portfólios, uma conhecida como fundamentalista e outra quantitativa. Dentro das estratégias quantitativas existem diversas linhas de desenvolvimento que podem ser seguidas: estatísticas, por otimização, estocásticas, com uso de Machine Learning, análise gráfica e outras diversas. Com base nisso, o presente trabalho tem como objetivo a criação de uma ferramenta, utilizando a linguagem de programação Python, com a qual é possível desenvolver uma estratégia, escolher uma base de dados com os ativos desejados, acoplá-la ao programa e simular, dentro de uma janela de tempo passada, o passar dos dias. Após isso, o desempenho da mesma, é medido através do Back Test, de acordo com certos parâmetros escolhidos pelo próprio usuário. Além disso, a ferramenta permite comparar a estratégia com outras em uma mesma janela de tempo, dando como resultado, tanto indicadores de séries temporais quanto indicadores únicos, sendo um deles, a existência ou não de diferença estatisticamente considerável entre as estratégias escolhidas. Para fins do estudo de caso ora apresentado, foram escolhidas três estratégias: I - Estratégia Naive (dividir igualmente o valor a ser investido entre os N ativos disponíveis); II- Estratégia Aleatória (escolher com uma probabilidade p os ativos que irão compor a carteira e dividir o valor a ser investido igualmente entre os ativos sorteados); III- Estratégia de Mínima Variância (modelo de minimização da variância, derivado de Markowitz, amplamente estudado na academia). Foram utilizadas bases de preços da Bloomberg e do site oficial do Tesouro Americano, com ativos nacionais e americanos em duas janelas de tempo, com durações de 545 dias, e compostas com até 12 ativos. Nos resultados obtivemos grande similaridade nas performances estre as estratégias escolhidas, com ligeira vantagem no aspecto da volatilidade pela mais rebuscada.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui