INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: PROPOSTA DE UMA METODOLOGIA PARA A PRODUÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE MEDIDAS EDUCACIONAIS EM AVALIAÇÃO EM LARGA ESCALA POR MEIO DA UTILIZAÇÃO DA MODELAGEM RASCH COM DUAS OU MAIS FACETAS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): WELLINGTON SILVA

Colaborador(es):  ALICIA MARIA CATALANO DE BONAMINO - Orientador
JOAQUIM JOSE SOARES NETO - Coorientador
Número do Conteúdo: 46903
Catalogação:  18/02/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46903@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46903@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.46903

Resumo:
Nesta tese, trabalhou-se com a modelagem Rasch visando a apresentar alternativas mais práticas e de melhor qualidade em termos de medida, para dois cenários distintos. O primeiro está relacionado ao fato de que medir conhecimento é algo muito complexo e de difícil entendimento para profissionais que não são da área da psicometria. Por meio de experimentos envolvendo modelos da família Rasch, apresentamos a aplicabilidade e as potencialidades dessa modelagem para atender a novas demandas de avaliação em larga escala no Brasil. O segundo cenário relaciona-se à busca de medir, de modo o mais imparcial possível, itens de produção escrita, em que a nota recebida pelos alunos é influenciada pela subjetividade dos corretores, ou seja, corretores lenientes beneficiam alunos e corretores severos penalizam alunos. Diante desses dois cenários, esta tese tem os seguintes objetivos: (i) trazer para o âmbito das avaliações realizadas no Brasil uma modelagem matemática mais simples que aquela atualmente adotada, visando uma melhor comunicação com os professores, e; (ii) a possibilidade de operar não apenas com itens de múltipla escolha, corrigidos de forma automática, mas também com itens de produção escrita, em que a subjetividade dos corretores (severidade) é controlada pelo modelo psicométrico, gerando medidas de melhor qualidade. Para isso, utilizou-se a modelagem Rasch com multifacetas, abordando, por meio de casos práticos, as vantagens dessa modelagem em relação a outras metodologias atualmente adotadas no país. Assim, para a alcançarmos o primeiro objetivo, confrontamos a modelagem Rasch com multifacetas com a modelagem de três parâmetros logísticos em um estudo de efeito contexto em testes compostos por diferentes modelos de cadernos e com mais de uma disciplina avaliada por caderno e, para o segundo, comparamos as medidas de proficiência através da Rasch com multifacetas com as notas médias das duplas correções dadas pelos corretores aos alunos em testes do tipo redação. A partir dos resultados encontrados, concluímos que a Rasch com multifacetas pode ser utilizada de forma alternativa ou concomitante com as avaliações que utilizam a modelagem de três parâmetros logísticos, produzindo resultados mais rápidos e de entendimento mais fácil por parte dos professores e que, no caso de redações, as proficiências obtidas pela Rasch com multifacetas apresentaram medidas com melhores indicadores de fidedignidade e validade, quando comparadas com as medidas de notas via Teoria Clássica do Teste, sendo, portanto, uma alternativa mais viável para esse tipo de avaliação. Conclui-se essa tese apresentando situações de empregabilidade das metodologias estudadas.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui