$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: INTERAÇÃO EM SALA DE AULA EM LIBRAS E PORTUGUÊS COM EXPERIÊNCIAS TRANSIDIOMÁTICAS: ENQUADRES DE PROFESSOR E ALUNOS SURDOS E OUVINTES
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUIZ CARLOS BARROS DE FREITAS

Colaborador(es):  MARIA DAS GRACAS DIAS PEREIRA - Orientador
PRISCILA STAROSKY - Coorientador
Número do Conteúdo: 46655
Catalogação:  30/01/2020 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46655@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46655@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.46655

Resumo:
O estudo se ocupa em investigar como são realizadas interações entre alunos surdos e ouvintes e professor ouvinte em um curso de Graduação de Letras-Libras, em que se faz uso da Libras, do Português e de outras formas de linguagem, incluindo a alternância e sobreposição modal de códigos. A pesquisa se justifica pelo recente e crescente contingente de surdos jovens e adultos que ingressam no ensino superior no Brasil, fenômeno do contexto socio educacional de transição, no bojo das transformações socioculturais e históricas iniciadas especialmente a partir do reconhecimento e regulamentação do uso da Libras pela Lei 10.436 de 2002 e do Decreto 5.626 de 2005. Em termos teóricos, o estudo busca articular conceitos da Sociolinguística Interacional, da Análise da Conversa em contexto institucional e de Línguas em Contato na interação, na ordem micro e macro, na relação com os Estudos Surdos. A metodologia da pesquisa é qualitativa e interpretativa, com gravação de dados mediante método etnográfico de investigação. Foram gravadas e analisadas sete interações em sete aulas diferentes em que o pesquisador atuou como professor. É importante destacar, nas convenções de transcrição, a discussão sobre a necessidade de se adequar os modelos de convenções existentes em língua oral e língua de sinais às especificidades da fala em interação com surdos e ouvintes em um contexto bi/multilíngue, com línguas em contato. A partir da discussão, foi proposto um novo modelo de convenções de transcrição, para língua oral e língua de sinais, com foco na interação. Na análise dos dados, emergiram práticas comunicativas de caráter transidiomático que fazem parte dos repertórios linguísticos dos interagentes. Foram estabelecidos dois capítulos, a partir de sete interações. O primeiro desses capítulos, de número 4, tem foco nas interações 1 e 3, e foi dedicado principalmente aos enquadres com foco na entrada dos alunos no curso Letras-Libras. Os resultados indicam que os alunos constroem identidades a partir do foco no outro e no grupo. Apontam também expectativas profissionais dos alunos em relação às opções do curso. Os resultados do segundo capítulo de análise, o capítulo 5, a partir das interações 2, 4, 5, 6 e 7, indicaram, sobretudo, as relações coconstruídas entre professor e alunos surdos e ouvintes em práticas transidiomáticas que imprimiram o caráter bi/multilíngue da sala de aula. Evidenciaram diferenças na propensão para a adesão ao enquadre institucional pelos alunos, com relações de negociação de conflito e a busca de afirmação linguística entre eles, e co construção de conhecimento entre professor e alunos. Embora o professor, enquanto representante institucional, tenha escolhido Libras como língua de instrução, nos dados analisados, as línguas em contato na sala de aula indicaram práticas multilíngues dos alunos, com o uso de Libras, Português e outras formas de linguagem misturadas. A pesquisa mostra-se importante para gerar reflexões sobre como os alunos percebem a sua entrada em um Curso Letras-Libras e como professor e alunos entendem o que está acontecendo no aqui e agora desta sala de aula, em um contexto socio educacional em construção, que se mostrou multilíngue, na transição em reconhecimento dos sujeitos surdos como minoria linguística.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui