$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: A PIRÂMIDE DOS INFINITOS MUNDOS POSSÍVEIS DE LEIBNIZ
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): RAQUEL DE AZEVEDO

Colaborador(es):  DEBORAH DANOWSKI - Orientador
Número do Conteúdo: 46334
Catalogação:  12/12/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46334@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=46334@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.46334

Resumo:
Este trabalho investiga a história que Leibniz acrescenta à narrativa do humanista italiano Laurent Valla, transformando-a de uma anedota a respeito da liberdade humana diante presciência e vontade divinas em um estudo sobre a natureza da criação. Na história, os infinitos mundos possíveis são apresentados a Teodoro, em sonho, por Palas Atena, filha de Júpiter. O que ele vê pelos cômodos do palácio são infinitas histórias alternativas ao destino infeliz de Sexto Tarquínio, filho do último dos reis da monarquia romana. Esses mundos possíveis estão organizados em ordem decrescente de perfeição, sendo que o mais rico em variedade se encontra no alto da pirâmide, que é a forma geométrica a que Leibniz identifica o lugar em que Deus delibera sobre o melhor. Este trabalho percorre a estrutura da pirâmide para compreender o que Teodoro vê em cada cômodo e o que garante a própria divisória entre os cômodos. Nesse trajeto, verifica-se que um dos cálculos envolvidos na arquitetura da pirâmide é a dissemelhança entre a parte e o todo no melhor dos mundos. Sexto participa da variedade do mundo existente com seu infortúnio. No interior de um dos cômodos, Teodoro é introduzido aos problemas da análise infinita ao folhear o livro dos destinos. Por fim, este trabalho mostra que a natureza distópica da pirâmide não se restringe às histórias alternativas que Teodoro encontra em cada cômodo, mas há também outros mundos no interior do próprio mundo existente. O mundo mais perfeito se distingue por conter mais variedade que os demais, o que faz dele um mundo denso. É possível transitar pela densidade desse mundo através das distopias, ora entendidas como uma imitação da estrutura da lei do contínuo, ora consideradas como um suporte corporal que permite percorrer, alternadamente, os mundos fenomênicos.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui