INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: FOMOS ESCOLHIDOS: UM ESTUDO SOBRE OS CUIDADORES FAMILIARES PRINCIPAIS
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): TERESINHA MELLO DA SILVEIRA

Colaborador(es):  TEREZINHA FERES CARNEIRO - Orientador
Número do Conteúdo: 4583
Catalogação:  08/03/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4583@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4583@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.4583

Resumo:
O trabalho com familiares que cuidam de portadores de síndrome demencial levou a autora a refletir sobre a emergência do cuidador principal no âmbito da família, sobre a complexidade do seu relacionamento tanto com a pessoa alvo de cuidados, como com os demais familiares, e ainda sobre a importância dos grupos de suporte para os familiares que cuidam. A pessoa enferma reage de forma diferenciada ao membro da família que arca com a maior parte das tarefas inerentes ao ato de cuidar, dando a impressão de que é ela quem escolhe esse parente, entre outros. Partindo desta questão elaborou-se uma pesquisa de campo com o objetivo de verificar como surge na família o cuidador principal, ou seja, aquele parente responsável por quase todas as atividades referentes aos cuidados com o paciente. A pesquisa está fundamentada em estudos relativos ao envelhecimento e na terapia familiar sistêmica. Entrevistou-se 24 cuidadores familiares principais (sete homens e 17 mulheres), participantes do Grupo de Suporte aos Familiares Cuidadores de Pacientes com Alto Nível de Dependência de um dos ambulatórios da Universidade Aberta da Terceira Idade da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Além das entrevistas individuais 14 sessões do mesmo grupo foram gravadas. A análise categorial do material obtido e a interpretação das entrevistas e das sessões de grupo, à luz da bibliografia consultada, mostram como resultados relevantes a importância da distribuição dos papéis, dos legados e dos mitos familiares; da dívida de reciprocidade e das transmissões geracionais no surgimento do cuidador principal. Mostra ainda a participação da pessoa cuidada na decisão de quem vai cuidar dela. Por fim, deixa evidente a importância do Grupo de Suporte para os familiares cuidadores. Os resultados constituem uma contribuição significativa para os profissionais que trabalham com idosos fragilizados e seus familiares.

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT E SUMÁRIO  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
CAPÍTULO 6  PDF  
CAPÍTULO 7, REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA, ANEXO  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui