INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: REOLOGIA DE SUSPENSÕES DE GRAFENO NA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GEOVANE ABRAAO BENFICA JUNIOR

Colaborador(es):  MONICA FEIJO NACCACHE - Orientador
LORENA RODRIGUES DA COSTA MORAES - Coorientador
Número do Conteúdo: 45383
Catalogação:  17/09/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=45383@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=45383@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.45383

Resumo:
Grafeno na sua forma pura ou derivada tem sido tópico recorrente e importante na comunidade científica. Tal material tem se destacado devido às suas raras propriedades química, elétrica e mecânica. Sua aplicabilidade e de seus derivados na área do Petróleo, destacando-se o óxido de grafeno (GO) que é hidrofílico, e tem se mostrado bastante promissora ao poderem ser utilizados nas várias etapas dos processos de exploração e produção como perfuração, lubrificação, dessalinização, revestimento contra corrosão, separação água e óleo, entre outros. A perfuração é um passo crucial na exploração de novas fontes de hidrocarbonetos, sendo o fluido de perfuração um fator determinante para o sucesso da operação. A partir deste contexto, neste trabalho, 3 diferentes concentrações de óxido de grafeno (0,1 mg/mL, 1 mg/mL e 5 mg/mL) foram adicionadas a um fluido modelo com propriedades reológicas similares a de um fluido de perfuração (dispersões aquosas de carbopol à 0,15 por cento w/w), através de 3 diferentes métodos de suspensão. A fim de se verificar a influência do GO e do método de preparo das suspensões nas propriedades reológicas da dispersão de carbopol, testes de cisalhamento em regime permanente com variação da taxa de cisalhamento de 1000 a 0,01 s-1 e, testes de cisalhamento oscilatório com varredura de tensão de 0,1 a 100 Pa foram realizados. Uma análise visual indica que há a presença de óxido de grafite além de óxido de grafeno nas suspensões, o que pode estar influenciando as medidas reológicas das suspensões. Os resultados reológicos mostram que o fluido mantém seu comportamento, seguindo o modelo de Herschel-Bulkley, tendo uma tensão de escoamento e sendo pseudoplástico com a variação da taxa de cisalhamento. O aumento da concentração de óxido de grafeno diminui a viscosidade da suspensão. O aumento da concentração de GO também diminui o pH das amostras, mas o valor do pH não tem uma relação quantitativa com a viscosidade e sim qualitativa, variando com o método de preparo.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui