$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Formato DC|



Título: AVALIAÇÃO METROLÓGICA DA ESTABILIDADE TERMOELÉTRICA DO TERMOPAR TIPO K
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): CESAR LEOPOLDO DE SOUZA

Colaborador(es):  MAURICIO NOGUEIRA FROTA - Orientador
ALCIR DE FARO ORLANDO - Coorientador
Número do Conteúdo: 4386
Catalogação:  14/01/2004 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4386@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4386@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.4386

Resumo:
A presente Dissertação de Mestrado, intitulada Avaliação metrológica da estabilidade termoelétrica do termopar tipo K, refere-se à verificação de desvios de estabilidade da força eletromotriz induzidos pelo uso de termopares tipo k com isolação mineral de 3mm de diâmetro. Foram analisadas oito amostras de quatro fabricantes nacionais de termopares, após sua exposição a um campo de temperatura de 995 diferente de 0,5 graus Celsius, portanto próximo ao seu limite de aplicabilidade (1070 graus Celsius), simulando uma condição de uso em regime contínuo. As amostras foram recozidas a uma temperatura de 1000 graus Celsius para regularizar o estado de tensão antes dos ensaios realizados e suas condições físico-químicas avaliadas antes dos experimentos, com base em analises química e metalográficas. As variações da força eletromotriz, induzidas pelo uso, foram avaliadas com base em calibrações que antecederam e sucederam a exposição das amostras ao campo de temperatura previamente determinado, realizadas contra temperaturas de referência obtidas pelo uso de seis células de pontos fixos (Ag, Al, Zn, Sn, In e Ga). Como contextualização, a dissertação também apresenta um breve histórico relacionado à medição da temperatura e ao uso de termopares tipo K, além de fundamentar a teoria que sustenta o desenvolvimento da pesquisa, suas conclusões, estabelecendo, assim, as bases para recomendações de novos trabalhos neste campo. Como resultado central da investigação conduzida, comprovou- se que, para as condições de trabalhos impostas (calibração em células de ponto fixo e exposição à temperatura de 995 graus Celsius em regime contínuo), todas as amostras apresentaram desvios nas suas curvas de calibração que variam na faixa de 0,2 a 4,0 graus Celsius, explicitando intervalos superiores às expectativas dos usuários. O período de vida dos experimentos completou-se com um intervalo de tempo de 134 h de submissão ao campo de temperatura. A pesquisa é de relevância no contexto industrial e científico pelo fato de o termopar tipo K representar cerca de 70 por cento do mercado brasileiro de termopares, e ser uma expectativa e recomendação do Instituto Nacional de Metrologia do Brasil, o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO).

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF  
CAPÍTULO 1  PDF  
CAPÍTULO 2  PDF  
CAPÍTULO 3  PDF  
CAPÍTULO 4  PDF  
CAPÍTULO 5  PDF  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E APÊNDICES  PDF  
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui