$$\newcommand{\bra}[1]{\left<#1\right|}\newcommand{\ket}[1]{\left|#1\right>}\newcommand{\bk}[2]{\left<#1\middle|#2\right>}\newcommand{\bke}[3]{\left<#1\middle|#2\middle|#3\right>}$$
INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC|



Título: A FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO: DA PRAIA VERMELHA À ILHA DO FUNDÃO - O (S) SENTIDO DA (S) MUDANÇA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): GLORIA WALKYRIA DE FATIMA ROCHA

Colaborador(es):  ISABEL ALICE OSWALD MONTEIRO LELIS - Orientador
Número do Conteúdo: 4328
Catalogação:  22/12/2003 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TESE
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4328@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4328@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.4328

Resumo:
Este trabalho envolveu a discussão dos modos pelos quais estão organizadas as práticas pedagógicas desenvolvidas no ensino médico de graduação da Faculdade de Medicina da UFRJ, tendo como contexto as políticas de ensino superior e de saúde da década de 70 ao momento atual. Duas foram as questões que serviram de ponto de partida para a pesquisa: quais foram os efeitos da mudança físico- espacial sobre as concepções de formação médica dos antigos professores da Praia Vermelha; e quais eram e quais são as lógicas ordenadoras prevalentes nos diferentes períodos. Do ponto de vista metodológico, trabalhei com relatos orais na linha da história de vida de 21 professores oriundos da Praia Vermelha, procurando identificar em suas narrativas os significados da mudança a respeito do projeto pedagógico da Escola de Medicina da UFRJ, as posições assumidas por eles diante dos efeitos produzidos pela mudança, através da análise de suas trajetórias. Documentos referentes à educação médica, às políticas de saúde e às políticas de ensino superior constituíram-se em referências indispensáveis para o mapeamento das configurações do ensino médico de graduação em nosso país, em especial a partir da Reforma Universitária de 1968. Para o desenvolvimento da pesquisa, Pierre Bourdieu revelou- se como um dos interlocutores centrais. A potencialidade dos conceitos de habitus, capital e campo permitiu pensar o princípio da ação histórica na relação entre dois estados do social: a história objetivada nas coisas, sob a forma de instituições, e a história encarnada nos corpos sob a forma de disposições duráveis, o habitus (Bourdieu, 1994), no nosso caso, a constituição do habitus docente. Lutas e conflitos em torno de tomadas de posições acerca das concepções da Faculdade de Medicina da UFRJ foram sendo mapeadas e ajudaram a revelar as correlações de força que atravessaram essa instituição desde os anos 60. O trabalho está estruturado em torno dos seguintes eixos: as mudanças da Praia Vermelha para o Fundão e as conseqüências provocadas por esse deslocamento físico- espacial na reconfiguração dos campos de poder no interior da Faculdade de Medicina e em última instância na Universidade; as formas de ingresso na carreira docente no período estudado e os efeitos da reforma universitária sobre essas carreiras, sobre as representações dos saberes e conhecimentos que compõem com o habitus a formação do professor de medicina; a formação profissional promovida pelo curso de Medicina, inscrevendo-a no contexto histórico das práticas pedagógicas descritas na literatura do campo da educação médica, bem como dos efeitos das políticas de saúde, da configuração do mercado de trabalho nessa área. Em que pese o esforço que a Faculdade de Medicina vem realizando, como (i) integrar o currículo a partir de iniciativas interdepartamentais; (ii) aumentar as atividades práticas; (iii) inserir o aluno na rede básica de saúde; (iv) tornar obrigatório o internato médico nas áreas consideradas básicas; (v) discutir a relação médico- paciente via criação de uma disciplina, os resultados sinalizam para a existência de contradições entre a intenção e a efetividade dessas medidas. Assim, tem prevalecido ainda um enfoque predominantemente hospitalar e uma abordagem que privilegia o atendimento especializado de doenças que exigem o uso intensivo de tecnologia, fugindo das recomendações de centrar mais a prática nos aspectos preventivos das doenças. O apelo das especialidades, com maior prestígio e remuneração, a necessidade de dedicação à pesquisa pelos professores como pré-requisito para titulação, e o avanço do conhecimento médico são os fatores apontados para o declínio da propedêutica médica de cunho indiciário, e o sucesso observado na introdução de práticas pedagógicas conside

Descrição Arquivo
CAPA, AGRADECIMENTOS, RESUMO, ABSTRACT, SUMÁRIO E LISTAS  PDF
INTRODUÇÃO E CAPÍTULO 1  PDF
CAPÍTULO 2  PDF
CAPÍTULO 3  PDF
CAPÍTULO 4  PDF
CONCLUSÃO  PDF
BIBLIOGRAFIA E ANEXOS  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui