INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: RESIDENCE AND RISK CONDITIONS: SOCIAL REPRESENTATION OF TECHNICIAN AND RESIDENTS FROM THE OUTSKIRTS OF JUIZ DE FORA
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): LUCIMAR THEREZINHA GRIZENDI

Colaborador(es):  MARILENA JAMUR - Orientador
Número do Conteúdo: 4109
Catalogação:  11/11/2003 Idioma(s):  PORTUGUESE - BRAZIL

Tipo:  TEXT Subtipo:  THESIS
Natureza:  SCHOLARLY PUBLICATION
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4109@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=4109@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.4109

Resumo:
The main objective of this study is to identify the representations that the residents of the outskirts of Juiz de Fora living in vulnerable and risk conditions and, technician of the Civil Defense Municipality Department, have been constructing about risk and vulnerability, trying to grasp how such representations constitute themselves between these two groups. According to empirical observations there are diferent representations and practices: the residents dont follow or obey the orientations given by the technicians on how to prevent calamities and how to preserve life. Factors like social inequality and the no effectiviness of social politics, among them the housing politic, makes the risk condition and vulnerability even worse for a large segment of the population and, the Civil Defense appears as a emergency politic adressed to serve this population. It has been adopted the perspective of social representations, and, the qualitative listening approach of the individuals, through semi-structured interviews. With the confrontation of the speeches, the results indicate, that the risk representation has been constructed in a dialect of affirmation of the phenomenon and refusal of it. Valuable aspects intervene in this construction. For the techinicians, to step out of the risk is to guarantee life and, for the population , the vulnerability, in other words, the necessity for survivel overlays the existence of the risk.

Descrição Arquivo
COVER, ACKNOWLEDGEMENTS, RESUMO, ABSTRACT AND SUMMARY  PDF
CHAPTER 1  PDF
CHAPTER 2  PDF
CHAPTER 3  PDF
CHAPTER 4  PDF
CHAPTER 5  PDF
REFERENCES AND ANNEX  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui