INFORMAÇÕES SOBRE DIREITOS AUTORAIS


As obras disponibilizadas nesta Biblioteca Digital foram publicadas sob expressa autorização dos respectivos autores, em conformidade com a Lei 9610/98.

A consulta aos textos, permitida por seus respectivos autores, é livre, bem como a impressão de trechos ou de um exemplar completo exclusivamente para uso próprio. Não são permitidas a impressão e a reprodução de obras completas com qualquer outra finalidade que não o uso próprio de quem imprime.

A reprodução de pequenos trechos, na forma de citações em trabalhos de terceiros que não o próprio autor do texto consultado,é permitida, na medida justificada para a compreeensão da citação e mediante a informação, junto à citação, do nome do autor do texto original, bem como da fonte da pesquisa.

A violação de direitos autorais é passível de sanções civis e penais.
Coleção Digital

Avançada


Estatísticas | Formato DC



Título: SIMULAÇÕES NUMÉRICAS DE TAMPÕES EM POÇOS DE PETRÓLEO
Instituição: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO - PUC-RIO
Autor(es): PRISCILA DE SOUZA PIMENTA

Colaborador(es):  MONICA FEIJO NACCACHE - Orientador
ALINE AMARAL QUINTELLA ABDU - Coorientador
Número do Conteúdo: 40487
Catalogação:  03/07/2019 Idioma(s):  PORTUGUÊS - BRASIL

Tipo:  TEXTO Subtipo:  TRABALHO DE FIM DE CURSO
Natureza:  PUBLICAÇÃO ACADÊMICA
Nota:  Todos os dados constantes dos documentos são de inteira responsabilidade de seus autores. Os dados utilizados nas descrições dos documentos estão em conformidade com os sistemas da administração da PUC-Rio.
Referência [pt]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=40487@1
Referência [en]:  https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/colecao.php?strSecao=resultado&nrSeq=40487@2
Referência DOI:  https://doi.org/10.17771/PUCRio.acad.40487

Resumo:
Na indústria petrolífera, é necessário a construção de poços submersos para exploração do petróleo presente no subsolo. Porém, quando necessitamos abandonar esses poços de petróleo, quando não o exploramos mais, é necessário que o mesmo seja isolado. Para isso, pasta de cimento é colocada sobre uma camada de fluido de perfuração. O cimento é mais pesado que o fluido de perfuração e deverá atingir seu tempo de cura sem ser contaminado pelo fluido de perfuração, de modo que o poço consiga ser isolado. Assim, é relevante estudar como esses dois fluidos se comportam quando submetidos ao contato direto numa tubulação vertical, ou seja, verificar como o fluido 2 (de bloqueio do poço) se comporta quando interage com o fluido 1 (fluido de perfuração), sendo que ambos os fluidos têm comportamento não newtoniano. Esse trabalho propõe uma metodologia de estudo do problema levantado acima, variando os parâmetros reológicos dos dois fluidos em questão, e estudando como a interação dos fluidos acontece em função da combinação desses parâmetros. Assim, é feita uma simulação numérica das equações de conservação que governam o escoamento utilizando o programa fluent. Os resultados da identificação da interação dos fluidos, com base nas diferentes características reológicas dos mesmos foram muito promissores. Ao estudar o comportamento dos fluidos, com a aplicação das propriedades acima sinalizadas foram verificados alguns comportamentos típicos de situações que ocorrem em poços de petróleo, como por exemplo, quanto maior a densidade do fluido de cima, maior é a contaminação, que ocorre também mais rapidamente.

Descrição Arquivo
NA ÍNTEGRA  PDF
Agora você pode usar seu login do SAU no Maxwell!!
Fechar Janela



* Esqueceu a senha:
Senha SAU, clique aqui
Senha Maxwell, clique aqui